22/03/06

HOLANDICES

Koeman voltou a estar mal.
A sua entrevista televisiva na Catalunha foi inoportuna e cheirou a operação de charme de quem está mais interessado no pós-Benfica do que propriamente naquilo que ainda possa suceder esta época.
Koeman falou, não como um treinador adversário do Barcelona, mas como um adepto culé, o que será certamente difícil de digerir, num balneário já muito fustigado por atitudes pouco prudentes do holandês, e a poucos dias do embate com os catalães.
Não sou adepto dos “mind games” de Mourinho, mas caramba ! Nem tanto ao mar nem tanto à terra !
Só faltou dizer que desejava o título europeu ao Barça...