TALVEZ ASSIM


7 comentários:

No.Worries disse...

A ausência do Samaris é, para mim, a maior das incógnitas deste Benfica.
Decisivo na época passada quando Laje pegou na equipa, quer a jogar a "6" quer a jogar a "8" quando Gabriel se lesionou, esta época pura e simplesmente desapareceu. Numa altura em que estão de fora Tino, Gabriel, Gedson e Chiquinho, Samaris na jornada de sábado passado foi suplente não utilizado, e ontem foi para a bancada! E, repito, com aquelas ausências todas! Será Samaris a última das últimas opções para o miolo do SLB? E porquê? Aconteceu alguma coisa? Não há um jornalista que pergunte isto a bruno Laje?

lawrence disse...

Será que o rapaz estaria na calha para ir de vela no fim da época passada mas as exibições e a força dos adeptos não o permitiram?
E como ficou à força, vá de o pôr de castigo?
Não vejo outra explicação!

Repulsivos disse...

Sò nos faltava os cobardes e os doentes mentais dos talibans habituais sairem de debaixo das pedras onde andavam escondidos desde a derrota com o Porto, à espera de um desastre, para atacar o clube criando teorias da conspiração e processos de intenções contra o clube, dirigentes e contra o seu treinador.
Revelam-se o exemplo mais notório do que constitui a escória e a escumalha da sociedade contemporânea e dos trolls dos blogues e da net.
É tratá-los a tiro!!

joão carlos disse...

eu diria que talvez com um central com maturidade, experiência e qualidade.

depois com alguém que resolva de vez isto de todas as épocas termos um terço da equipa lesionada.
mas já sei os outros também tem e são traumáticas, como a do chiquinho, do conti, do vinicius, do andre, do david, do caio.

Coach disse...

Claro. Não há duvidas nem pode haver.

O que me pergunto é porque razão apresentou aquela equipa. Se o objectivo é valorizar jovens jogadores que tenham a coragem de dizer aos sócios, para que eu e outros como eu corram com eles de lá nem que seja à força.

Anónimo disse...

Ó Repulsivos Manuel, vai comentar para o Guachos.
Para ti está sempre tudo bem, com derrotas ou empates, desde que LFV lá continue.

Anónimo disse...

Se a tiro não resultar, é tratá-los à catanada!