02/07/15

TRISTE FIGURA




Apenas 40 dias decorrem entre duas imagens fortes. Primeiro, vê-se uma criatura, aos saltos, no relvado da Luz, acompanhando os cânticos dos adeptos do Benfica, na comemoração de um título. Depois, a mesma criatura, aos saltos, no relvado de Alvalade, acompanhando os cânticos dos adeptos do Sporting, como novo membro da tribo.
Benfica e Sporting são rivais há mais de um século. Em apenas 40 dias, salta-se num lado, salta-se no outro, e salta-se de um lado para o outro, como se a história não existisse, e como se não fosse a história, e a paixão do povo, a permitir que um simples treinador de futebol possa hoje auferir quatro, ou cinco, ou seis milhões de euros por ano.
Chamem-me romântico, chamem-me ingénuo, chamem-me até retrógrado. Mas este não é o futebol de que aprendi a gostar – no qual havia algum pudor, e uns quantos zeros não legitimavam todo o tipo de comportamento. O futebol resume-se à emoção, e quem dele pretender retirar essa componente, corre o risco de lá não deixar nada.
Cresci a chorar pelo Benfica. E a respeitar, também, quem chorava por outros emblemas. Não aprecio cristãos novos, e muito menos traições.
Não embarco no discurso da gratidão. Nós, que pagamos quotas, cativos, bilhetes, deslocações, e ainda compramos camisolas e cachecóis, que apanhamos chuva, sol e trânsito, para nos sentarmos no nosso lugar a sofrer pelo clube que amamos, nunca seremos devedores de nada, neste meio que se vai tornando cada vez mais indiferenciado e obscuro.
Os que nele ganham milhões, esses sim, devem a todos nós o estatuto de que desfrutam. E devem-nos, sobretudo, respeito.

19 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Primeiro saltou por ter ganho muito dinheiro e depois saltou por estar no clube do coração.

2.7.15  
Anonymous Anónimo said...

Sim anonimo...

porque ele foi para o "clube do coracao" receber pouco dinheiro, tadinho do jesus.

2.7.15  
Anonymous NauBenfica said...

Assino por baixo do texto, por baixo de cada palavra. É assim que se fala!
Gigantes de pés de barro, «heróis» que auferem num mês aquilo que qualquer sócio ou adepto precisa de trabalhar um ror de anos para ganhar, estou farto deles. Trabalhem, dediquem-se, que é para isso que são principescamente pagos.
Agradecer-lhes? Agradecer o quê? Aproveitarem a primeira oportunidade para se esgueirarem pela porta da traição? Quem tem que agradecer, com vénia, são eles, a oportunidade, a visibilidade, as fortunas que o clube lhes dá/deu.

2.7.15  
Anonymous Anónimo said...

jesus saiu porque o benfica nao quis ficar com ele.

hipocrisia e alguem dizer que procederia de outra forma. nem um de voces ficaria no benfica, depois de serem anunciados grandes resultados financeiros e depois de estrondosos exitos desportivos, se o benfica vos propusesse cortar quase metade do salario. nem um.

2.7.15  
Anonymous NauBenfica said...

Essa do corte de metade do salário é uma treta inventada pela CS e pelos detratores do Benfica. Já foi explicada até à exaustão e ainda há quem fale nisso? Que distraídos!

2.7.15  
Blogger Rukka said...

Na reportagem da sic terminam com um "Jesus, feliz, como nunca se viu"
Como nunca se viu??
Tá bem tá

2.7.15  
Anonymous Anónimo said...

Não são distraídos, são lagartos!

2.7.15  
Blogger nonameslb said...

Agora com o Octavio e que vai ser.

2.7.15  
Blogger Rukka said...

Agora que estive a ver que o treinador vencedor da gala horroris, nem sequer estava nomeado, penso que, essa sim, é uma TRISTE FIGURA

2.7.15  
Anonymous João Santos said...

Fez bem em aproveitar ontem para saltar. Não vai ter muitas mais oportunidades para isso. Que aproveite bem a euforia da pré-época tão característica naquele clube. Quando entrar na Supertaça e vir do outro lado jogadores como o Júlio César, Luisão, Jardel, Eliseu, Samaris, Fejsa, Ruben Amorim, Lima ou Jonas é que vão ser elas. Nas TVs dizem que é uma equipa envelhecida. Eu chamo-lhe experiência que é bem capaz de ganhar um campeonato sozinha. E por detrás dessa experiência existem muitos jovens de qualidade e algumas das grandes promessas mundiais como são o caso de César, Lindelof, Cristante, Guzzo, Mukhtar, Gonçalo Guedes, Nuno Santos, Talisca e Jonhatan Rodriguez. Eles andam distraídos e ainda bem que andam porque o Benfica está uns bons passos à frente neste momento.

2.7.15  
Anonymous Águia Preocupada said...

Já passou tempo suficiente para fazermos o luto.
Não sabemos todos os pormenores da história, logo não nos fica muito bem irmos pelo caminho mais fácil e que mais convém a alguns, não a mim, que é diabolizar JJ.
Se o Benfica não queria continuar a manter o treinador, tinha feito as coisas de forma a impedir o que aconteceu. Não se pode nem se deve manipular as pessoas segundo as nossas conveniências... Se ele estava há 6 anos no Benfica como explicam que ninguém da estrutura tenha percebido as intenções do Jorge Jesus? Consideraram-no uma peça privada e lixaram-se!
Não diabolizo o JJ. Apenas lhe desejo tudo o que aconteceu a todos os treinadores que atravessaram a rua para o lado de lá! Sabem o que aconteceu? Foram campeões no Benfica e no Sporting ganharam... ZERO!
Se ele traiu alguém, foi o seu colega de profissão Marco Silva. E nesta questão considero-o um traidor, um mau carácter, uma pessoa sem valores!
Quanto ao resto, que tenha saúde, mas que comece já a perder dia 9 de Agosto!

3.7.15  
Anonymous Anónimo said...

Então e o Maxi?

3.7.15  
Blogger Antonio said...

Essa questão do corte do ordenado é mais um mito urbano como o demonstraram as palavras de JJ. Nos até podíamos sair do clube mas nunca directamente para o rival por uma questão de respeito, coisa que sempre soubemos que JJ nunca teria, optamos foi por ignorar

8.7.15  
Anonymous Fly Emirates said...

Era interessante ver mais gente a abordar um assunto da máxima importância: Os patrocinadores.

Neste momento, a nível europeu, só conheço dois clubes que não têm patrocinador na camisola. São o Porto e o Sporting. Até mesmo o Barcelona e Atl. Bilbau, que tradicionalmente não tinham patrocinadores, quebraram a tradição há uns anos, porque o futebol moderno assim o exige.

Porto e Sporting já entraram na nova época e têm os equipamentos há venda, sem patrocinador. Há mais de 20 anos que tal coisa não se via em equipas nacionais e é algo inédito no futebol moderno, especialmente para dois clubes que lutam pelo título internamente e participam nas competições europeias.

O Porto continua com as extravagâncias do ano passado e já pagou 20M por um jogador. O Sporting tem o treinador no top 15 dos mais bem pagos do mundo e ainda anda a investir em jogadores, até ao momento sem vender nenhum.

Por que razão este tema parece ser um tabu para os comentadores e cronistas? Se o ano passado se entreteram a dizer que o Benfica estava destruído e há dois anos diziam que o Benfica estava deprimido, por que razão não abordam este tema? Não seria pertinente?

8.7.15  
Anonymous LORD BENDTNER said...

Que atitude cobarde do JJudas. Ainda vem cá pedir informações. Ainda não deve ter percebido que agora está no alvalidl.

17.7.15  
Anonymous NO NAME said...

Ele não tem equipa nem condições para ser campeão no Zbordeng. Vai ser um campeonato igual aos outros e espero que o campeão seja o Benfica, claro.

17.7.15  
Anonymous dv82 said...

Esse já morreu...tudo só para alimentar a familia
Pobre coitado!

Mini Verruga everywhere

17.7.15  
Anonymous hooligan said...

Nem Mais!

23.7.15  
Anonymous Ricardo G. said...

Tal e qual. O futebol deveria ser mais emoção/paixão e menos €€. E o mesmo se aplica a Maxi Pereira.

24.7.15  

Enviar um comentário

<< Home