02/07/12

OLÉ!

Já aqui disse várias vezes que não aprecio o estilo.
Gosto de futebol atlético, jogado por gente alta e forte, gosto de profundidade nas alas, de velocidade, de cruzamentos, de jogo aéreo, de remates prontos, e de pontas-de-lança (de longe, a minha espécie preferida no mundo da bola). Não gosto de toques e retoques para o lado e para trás, de rodopios, de malabarismos circenses, nem de fintas em cabines telefónicas. Distingo teatro de desporto. Nos palcos gosto do primeiro. Nos relvados…do segundo.
Pese embora esta confissão de preferências estéticas, tenho de reconhecer a eficácia da coisa. Esta Espanha é, de facto, um fenómeno, sendo muito difícil pará-la. É também um case-study táctico, num futebol onde se julgava estar já tudo inventado.
Apesar de, como povo, preferir claramente espanhóis a italianos - uns acolhedores, afectuosos e hospitaleiros; outros, mau grado a beleza arquitectónica, monumental e paisagística onde se sentam, soberbos, vaidosos e antipáticos (pelo menos nas cidades que conheço) -, creio que seria bom para a modalidade que o conceito fresco e ofensivo de Prandelli triunfasse, trazendo a Itália para uma outra dimensão da sua tradicional cultura táctica. Quanto ao Tiki-Taka, já disse: queria vê-lo derrotado, o mais rapidamente possível. Saiu tudo ao contrário, com uma demonstração de força de Xavi, Iniesta e seus comparsas, e um provável regresso dos italianos às suas origens. O Tiki-Taka voltou a vencer categoricamente, cortando orelhas e rabos em catadupa. E a verdade é que, neste Europeu (e, se recuarmos no tempo, nos últimos quatro anos), só Portugal o conseguiu neutralizar.
Haverá tempo para uma análise global ao torneio (um dos melhores de sempre), e para mencionar as suas principais estrelas. Por agora, a minha vénia a esta Espanha, e a um homem com cara de avôzinho, que, sem assumir protagonismo, teve o mérito de saber aproveitar o melhor que o futebol espanhol produziu nestes anos: Vicente Del Bosque, que, a brincar a brincar, já ganhou um Mundial, um Europeu e duas Ligas dos Campeões.

8 Comments:

Anonymous Eduardo said...

Com excepção da preferência pelos Espanhóis: gosto mais dos italianos (sobretudo as italianas), que são muito menos soberbos, subscrevo inteiramente este artigo. O Tiki-taka já enjoa...

2.7.12  
Blogger LF said...

Eduardo,

Olha que as espanholas.... ;)

2.7.12  
Anonymous Atento said...

A verdade é que se não fosse uma arbitragem lamentável no Croácia-Espanha (2 penalty´s roubados aos croatas e o golo fora de jogo espanhol), a Espanha não passava da 1ªfase. Se é a melhor equipa é se gosto do estilo não, mas as melhores equipas tb tem maus dias e a Espanha quando tem maus dias lá aparece a arbitragem a dar uma mãozinha, já no Mundial de 2010 assim o tinha sido contra Portugal (golo fora de jogo), contra o Paraguay (golo mal anulado ao Dely Valdez com o jogo 0-0), e contra a Alemanha (penalty de S.Ramos sobre o Ozil tb com o jogo em 0-0).Das selecções que vi dominarem o futebol ao longo da minha vida Brasil,Alemanha,França,Argentina,Itália esta foi a mais beneficiada que já vi. Ter o pelouro da arbitragem nas mãos diz tudo, e já agora por o Pedro Proença a apitar finais de Champions e de Campenatos da Europa tb diz muito.

2.7.12  
Blogger granbolas said...

Espanholas ou italianas.
Gregas ou Alemãs.
Por mim não as papo pela nacionalidade, mas por atributos a condizer e desde que acedam.
====================

A selecção itaiana desiludiu-me e a Espanha surpreendeu-me. Relativamente aos jogos anteriores de cada equipa.

A Espanha foi superior e mostrou que não vive só de tiki-taka. Elucidativo e uma lição para os ditos especialistas em futebol tactico.

2.7.12  
Anonymous Vasco said...

Acho que o jogo foi super equilibrado até ao momento da lesão do Motta. o 2-0 é enganador...
Mas é só a minha opinião

2.7.12  
Anonymous Frank said...

Tal como o Luis nao sou apreciador do tiki taka enjoa-me assisti ao jogo inteiro mas desligava-me deste por minutos e quando apanham a bola e muito dificil tira-la,gosto muito mais do istilo ingles quando bem jogado sempre pra frentex,nao entendi dizem voces que os espanhois sao mais soberbos que os Italianos pessoalmente acho os Italianos muito vaidosos e julgam-se mais machoes que todos os restantes latinos,no que toca a italianas e espanholas todas sao belas mas nao troco a Portuguesa por nenhuma outra raça sendo esta mais refilona mas quando cai na cama sao das mais docinhas que jamais conheci.

2.7.12  
Anonymous Frank said...

Tal como o Luis nao sou apreciador do tiki taka enjoa-me assisti ao jogo inteiro mas desligava-me deste por minutos e quando apanham a bola e muito dificil tira-la,gosto muito mais do istilo ingles quando bem jogado sempre pra frentex,nao entendi dizem voces que os espanhois sao mais soberbos que os Italianos pessoalmente acho os Italianos muito vaidosos e julgam-se mais machoes que todos os restantes latinos,no que toca a italianas e espanholas todas sao belas mas nao troco a Portuguesa por nenhuma outra raça sendo esta mais refilona mas quando cai na cama sao das mais docinhas que jamais existe na face da terra.

2.7.12  
Anonymous Bruno said...

Já eu sinto-me um priveligiado e agradecido por poder assistir ao melhor futebol de sempre

3.7.12  

Enviar um comentário

<< Home