03/04/12

CLASSIFICAÇÃO REAL

Ao contrário do que se poderia esperar, esta até foi uma jornada relativamente calma em termos de arbitragens. Na verdade, descontando um cartão aqui, outro cartão ali, apenas dois lances mereceram discussão.

FC PORTO-OLHANENSE
Um dos lances ocorreu neste jogo, tendo sido pedida uma grande penalidade sobre Hulk. A sensação que dá é que o defesa bem tentou fazê-la (como se chama ele? qual o clube de origem?), mas a coisa dá-se já fora da área. Esteve mal o árbitro ao não assinalar o livre respectivo.
Noutro lance, de uma alegada mão, não creio que exista qualquer falta.
Resultado Real: 2-0

BENFICA-SP.BRAGA
Há alguns erros a apontar a João Ferreira, mas no geral o árbitro setubalense saiu-se bem.
Ficou por mostrar o segundo cartão amarelo (e correspondente vermelho) a Douglão, em falta cometida sobre Witsel à entrada da área. O penálti sobre Bruno César nem merece perdas de tempo: é indiscutível, e nem Guilherme Aguiar o questionaria. O livre de onde nasce o golo do Sp.Braga não é muito claro, mas não me custa dar o benefício da dúvida ao árbitro.
No lance mais polémico do jogo, a alegada falta de Javi Garcia sobre Lima, as dúvidas também são mais do que as certezas, e só o facciosismo de uns (os que dizem tratar-se de um penálti escandaloso), e de outros (os que dizem peremptoriamente não haver nada), pode levar a conclusões definitivas.
Julgo tratar-se de um dos muitos lances de futebol em que a análise será sempre subjectiva (mesmo após dezenas de repetições televisivas), prevalecendo o critério do juiz. É este tipo de lances que alimenta discussões sem fim, pois nunca uns estarão de acordo com os outros. Na verdade, pode argumentar-se a favor e contra, com igual dose de razão, o que faz com que todos julguem estar certos.
Eu não assinalaria nada, por dois motivos. Primeiro não tenho a certeza (ninguém de boa fé a pode ter) de o toque ter sido efectuado dentro da área. Lima cai lá dentro, é verdade, mas há repetições onde parece notar-se bem que o contacto é anterior, e ainda fora do risco. Segundo porque me parece que o contacto é insuficiente para provocar a queda do avançado brasileiro, que, de resto, nem sequer protesta.
No estádio, confesso que nem me apercebi do lance, e deixo aqui uma pergunta: algum árbitro inglês assinalaria uma falta daquele tipo?
Resultado Real: 2-1

U.LEIRIA-SPORTING
Não vi o jogo, mas segundo rezam as crónicas, não houve muita coisa digna de registo.
Resultado Real: 0-1

CLASSIFICAÇÃO REAL
BENFICA 64
FC Porto 59
Sp.Braga 55 a)
Sporting 52

a) Apenas considerados os dois pontos retirados no jogo com o U.Leiria, e o ponto do empate com o Benfica (penálti inexistente).

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Nenhum árbitro inglês apitaria aquele penalti, pq estamos em Portugal e não na Inglaterra...

E estando em Portugal, bastaria a ordem das camisolas ser inversa, ou não estar um Ferrari com a bandeira na mão, a ver se não era penalti limpinho. Assim...no passa nada........

3.4.12  
Blogger jfk said...

Se aquilo é penalti (Javi), eu sou a minha avó!

3.4.12  
Anonymous Anónimo said...

basta ver os videos no youtube..
na maioria, se pararmos o video aos 0:20 podemos ver q ha um braço de javi... MAS FORA DA AREA!! se é fora.. não é penalty!

4.4.12  
Anonymous Anónimo said...

Já dizia o Jesus, ganhar no estádio da Luz só na Playstation.
Já agora podia explicar melhor aquela insinuação vergonhosa e triste a q já nos habituou nos comentários ao FCP. O jogador tentou fazer penalti mas o arbitro n deixou? N correu bem? O que é q faltou? Quem é o jogador? Fosse noutra situação, o LF ia bater com os dentes no tribunal e n dizia disparates pró resto da vida. Como este blog é uma espécie de circo, tudo bem.

4.4.12  

Enviar um comentário

<< Home