29/02/12

NOME GRANDE

Em criança, o meu Pai falava-me de Jaime Graça. E os jogadores de que o meu Pai me falava (Jaime Graça, Arsénio, José Águas, Eusébio, Rogério, Chico Ferreira ou Coluna), são, mais do que quaisquer outros, a razão de ser do meu benfiquismo, e da minha paixão pelo futebol.

Nunca o vi jogar, mas sou do Benfica, também, por causa dele.