02/11/11

DE REGRESSO

Depois de um período de ausência, VEDETA DA BOLA regressa hoje, tal como prometido, ao seu andamento normal.

Nestas duas semanas e meia tivemos muito futebol. Assistimos a vitórias sucessivas de Benfica (invicto nos 17 jogos oficiais da época) e Sporting (sólido, empolgante e eficaz), enquanto o FC Porto alternou um bom comportamento interno com desaires externos que comprometem a sua carreira europeia (cada um tem o Apoel que merece…).

Seria fastidioso proceder agora a uma análise jogo a jogo. Deixando as questões de arbitragem para a próxima semana (onde, por atacado, será actualizada a Classificação Real), direi apenas que o Sporting parecendo embalado para uma grande época (é, sem dúvida, um sério candidato ao título); que é cedo para menosprezar o FC Porto (até porque permanece em primeiro lugar, e tem ganho os jogos domésticos com bastante facilidade); e que o Benfica tem pela frente uma sequência de jogos extremamente complicada (f.Braga, c.Sporting e f.Marítimo), onde terá de mostrar argumentos que estiveram totalmente ausentes nas partidas com o Beira Mar e com o Olhanense – onde as respectivas vitórias acabaram por ser tanto sofridas como, inclusivamente, fortuitas.

Hoje é dia de Champions, e uma vitória encarnada sobre o Basileia garante desde já o apuramento para os oitavos-de-final. A acontecer, será apenas a segunda vez em 17 anos que o Benfica ultrapassa a fase de grupos, e a primeira em que o faz com apenas quatro jornadas decorridas. Razões para encarar o jogo com o entusiasmo dos grandes momentos.