02/09/11

DOIS CASOS

Custa a acreditar como um jogador tão experiente toma uma atitude tão absurda. Ricardo Carvalho deitou por terra, num instante, a imagem que foi construindo ao longo dos anos, e que o tornava num jogador respeitado inclusivamente por adversários.


Custa-me ver a titularidade da selecção definitivamente entregue a Pepe e Bruno Alves (dois excelentes jogadores, dos quais não gosto), mas quem abandona o barco desta forma, num momento tão delicado, hipervalorizando aspectos individuais quando está em causa um apuramento nacional, não merece estar na selecção, e se calhar nunca merecia lá ter estado.


Se calhar tem mesmo de fazer um teste de QI, tal como o próprio José Mourinho lhe havia proposto nos tempos do Chelsea.






Quem sabe da tenda é o tendeiro, e não excluo a hipótese de Joan Capdevila, campeão da Europa e do Mundo com a poderosíssima selecção espanhola, ter imaginado o seu ingresso no Benfica como uma espécie de reforma dourada, com muito sol, marisco e descanso. Se foi isso que aconteceu, se foram esses os sinais dados pelo espanhol nos primeiros treinos, então Jorge Jesus tem toda a razão para não contar com ele.


De qualquer forma, custa-me a aceitar que o Benfica parta para a Champions League com apenas um lateral-esquerdo no plantel. Não vejo nenhum dos centrais a fazer o lugar, o jovem Luís Martins não oferece, obviamente, quaisquer garantias, e o próprio Emerson está longe de ser um craque – como se viu na Choupana, onde o seu corredor foi amplamente explorado pela equipa madeirense.


Fábio Coentrão foi vendido, Carole emprestado, e César Peixoto não quer o lugar. Capdevila chegava como um dos reforços mais sonantes deste Benfica, como alguém experimentado, e particularmente vocacionado justamente para os grandes jogos europeus. Jesus prefere convocar dez (!) médios, e deixá-lo de fora. Espero que existam razões fortes para o fazer.


Desacreditado e humilhado, não creio que Capdevila possa fazer carreira na Luz. Ou seja, fechado o mercado, o Benfica destapa um buraco, e grande, no seu plantel.

8 Comments:

Blogger Jotas said...

Caro LF, em relação ao assunto Capdevilla, o que realmente me interessa, não me ocorre nada mais do que aquilo que exprime no meu blogue, tentando ser o mais sensato e equilibrado possível:
"Julgo que nestas coisas se deve confiar no treinador, ele melhor que ninguém sabe o que pretende da equipa, sabe o momento dos jogadores, conhecendo aquilo que nós nunca conheceremos.
Se um de nós que escrevemos nessa blogoesfera ali estivesse, certamente tomariam decisões em que uns concordavam e entenderiam e outros não.
Contudo, confesso que me deixa um pouco espantado o facto de irmos jogar uma Liga dos Campeões com apenas um defesa esquerdo de raíz, atrevendo-me também até a dizer que Capdevilla, nunca foi um jogador pretendido por Jorge Jesus, mas no sentido de dar azo ao que ele pretendia para aquele corredor e não no sentido de birra, na qual sinceramente não acredito, até porque está mais que na hora de os benfiquistas, em vez de andarem constantemente a embirrar com o treinador, darem algum crédito a quem goste-se ou não, colocou o Benfica a jogar o melhor futebol desde há muitos anos e a sensação que tenho é que muitos benfiquistas, devem estar habituados a ver melhor e o Benfica a ganhar mais títulos e presenças seguidas na champions nos últimos anos do que com Jorge Jesus. sinceramente não entendo a razão para tamanha crispação com o treinador, faz-me confusão, é como com o Cardozo, devem ter visto no Benfica muitos avanaçados com 25 golos por temporada de média."

2.9.11  
Anonymous Anónimo said...

Um claro exagero o comentário sobre o Cap. Penso que tudo se resolve com tempo. Histerismos é que não.

2.9.11  
Anonymous Johnny Rook said...

LF,

Em regra estou de acordo com os teus textos.

Neste divirjo. Não no que diz respeito ao Capdevila sobre o qual não emito opinião porque não faço a mínima ideia do que se passa. Se estou perplexo? Estou. Mas vou ficar a aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Já quanto estoria do Ricardo Carvalho não estou de acordo.
Tenho desde à muito tempo reserva mental sobre as selecções da FPF. Não me sinto, enquanto português, minimamente representado pela selecção que, para mim (excluindo os jogadores), só representa a podridão do nosso futebol nos últimos 30 anos (independentemente de resultados os quais se devem exclusivamente aos jogadores e talvez com a excepção do Scolari e do H.Coelho).

Mas uma coisa eu sei: Embora originário do antro da corrupção, sempre apreciei este jogador quer enquanto tal, quer enquanto pessoa. Não tenho qualquer dúvida que RC é só o melhor defesa central português depois de H.Coelho. É um jogador de classe internacional (v. o seu percurso) de uma regularidade e eficácia impressionante só ao alcance de muito poucos. Pessoa serena e educada. Nunca se lhe viu resquícios de comportamentos destes.

Dito isto e não conhecendo exactamente o que se passou, questiono o que se terá passado para que um jogador com o comportamento anterior do RC (que já ficou no banco algumas vezes)durante estes anos todos, tenha tomado a atitude que tomou. Algo de muito grave se passou (e não só agora. Isto vem de trás).

Ouvindo a tentativa de explicação de Paulo Bento, que nada explicou, e que ao afirmar que não faz ideia do que se terá passado, mais me faz crer que, de facto, o RC terá todas as razões do mundo para fazer o que fez. Quando alguém directamente envolvido numa determinada situação vem publicamente dizer que não sabe o que passou é porque está a mentir (ou a omitir)e sabe perfeitamente o que fez e qual a razão que levou o outro interveniente a reagir como reagiu.

Os comportamentos últimos de PB têm vindo a mudar e muito.

As convocações de Quim e NG foram nitidamente para afrontar JJ e o Benfica e dar gozo ao Corrupto Mor.

As convocatórias sucessivas do Ruben Micaela foram um favor ao Corrupto para despachar o Micaela por bom dinheiro (idem para o Rolando).

PB sabe (apesar de ser benfiquista)que profissionalmente chegou à selecção por indicação do chefe da caixa; sabe que assim que saia da FPF tem lugar nos Corruptos; sabe que pondo os pés no antro as possibilidades de ser campeão e vencedor de outros títulos é muito grande, face ao que se passa no futebol português e que ele conhece perfeitamente; sabe que se tiver sucesso na associação de malfeitores as portas do estrangeiro estarão abertas (nem que seja para ir a fazer as figuras do jesualdo) e sabe que com isto tudo terá uma reforma descansada e sem preocupações.

Mas estou a dizer que o flatulento lhe disse directamente isto tudo? Não. O Flatulento já não precisa de dizer seja o que for a alguém. Quem anda no futebol português sabe muito bem, de cor e salteado, aquilo que tem de fazer para agradar ao Padrinho (sob pena de sofrer as consequências).

2.9.11  
Anonymous FranciscoB said...

Inacreditável...

Trocar um campeão do mundo por um pastelão como o Emerson que ainda há pouco ia enterrando a equipa na Choupana com a cedência de um canto inacreditável nos últimos minutos...

Nada de novo, dados os antecedentes com o Shafer...

2.9.11  
Anonymous FranciscoB said...

Qt ao Ricardo Carvalho a sua decisão só peca por tardia...

De facto, ser colocado a suplente do bruto alves não lembra ao diabo...

LF está certíssimo em colocar estes dois casos no mesmo post pois eles são similares, com a agravante irreparável de o Capdevilla já não poder jogar a Champions esta época, motivo que o levou a celebrar um contrato com o Benfica.

Assim, Bento e Jesus, dois nomes bíblicos, portaram-se como verdadeiros Judas para as duas principais instituições do nosso futebol, o Benfica e a Selecção Nacional.

3.9.11  
Anonymous Brytto said...

A questão para mim é muito simples: JJ não conta com Capdevilla e duvido que tenha sido o responsável pela sua contratação...

3.9.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Eu penso que o Jesus deve ser da extrema direita, porque na realidade não quer nada com extremos esquerdos. Como alguém viu e bem nada de Capdevila comparado com o que fez ao Shaffer. Jesus tem a mania que sabe tudo, mas não sabe. Acho que ele não tem categoria psicológica para lidar com um campeão do mundo. Não conheço Capdevila, mas também não conheço Emerson e não me parece que tenha feito muito bons jogos, aliás parece-me que muitos dos golos que sofremos vem exactamente daí.
Vamos ver e como diz e muito bem Fernando Guerra o Jesus tem de deixar de pensar como um treinador do Belenenses. Não sei quem contratou Capdevila mas se assim era porque é que o contrataram

Quando ao Ricardo, não estava em Portugal e não tive tempo para acompanhar os jornais. Há uma coisa que eu coloco a mim própria. Qual a força de Pepe, porque foi para o Real Madrid a um preço que não merece, porque está e permanece na selecção nacional sendo Brasileiro mesmo depois de ter agredido de forma brutal o companheiro do Getafe.

O que se esconde por trás de Pepe???

5.9.11  
Anonymous Anónimo said...

como e lindo o sol na luz !

Ate os lobos uivam. As
corujas piam.É os anti-Benfica ZURRAM que nem eguas

5.9.11  

Enviar um comentário

<< Home