28/03/11

DE PERNAS PARA O AR

Em criança tinha medo do Sporting. Na adolescência passei à antipatia. Mais tarde limitei-me á indiferença. Hoje sinto pena. Quando se pensava que o clube iria realmente começar a resolver os seus problemas, quando se esperava que pudesse sair do acto eleitoral uma liderança reforçada e inequívoca, eis que o Sporting nos proporciona um dos espectáculos mais degradantes a que assisti num clube de futebol – e já tenho a minha dose, inclusivamente ao vivo, desde os tempos de Vale e Azevedo. Não sei como vai ser possível a Godinho Lopes exercer o seu mandato com uma significativa maioria de sócios contra ele (os de Bruno Carvalho, mas também os de Dias Ferreira e Abrantes Mendes, pelo menos), ou com uma mesa de Assembleia-Geral necessariamente hostil, dadas as trocas de insultos em que a campanha foi fértil. Foi penoso ver um presidente acabado de eleger a fugir da ira dos próprios associados, sob enorme aparato de segurança. Foi grotesco ouvir as declarações de Rogério Alves (acredito que agora finalmente se cale), completamente desfasadas de tudo o que, na realidade, se estava a passar. Tudo isto depois da stand-up comedy proporcionada por Paulo Futre, e da tolerância de Eduardo Barroso para com a eventual lavagem de dinheiro do candidato da lista que integrava (ampla matéria para os humoristas da nossa praça…). Tudo isto num clube onde os sócios correspondentes não podem votar, onde para votar é necessário ir a Alvalade, e onde a contagem parece ser feita boletim a boletim, com os resultados que estão à vista. Com a derrota no Futebol de Praia, com a derrota no Andebol, com a lesão grave do João Pereira na Selecção, com a vitória do Sp.Braga em Olhão, ao fim-de-semana sportinguista restou o triunfo no dérbi de Juniores, parco paliativo para tão profunda e acentuada crise.

9 Comments:

Blogger jfk said...

Os Monty Python foram finalmente detronados...

28.3.11  
Anonymous Peter said...

Para mim houve irregularidades de certeza, o godinho lopes foi beneficiado e quando os interesses da banca estão em jogo não há democracia que resista, aliás é o que acontece tb na política.Aquelas horas a mais na contagem dos votos diz tudo.Sobre os confrontos entre adeptos foi só mais um pontapé naquele lema dos sportinguistas que dizem sempre que são diferentes dos outros.

29.3.11  
Anonymous Pedro said...

Foram (ou são, visto que o circo ainda não acabou) umas eleições muito engraçadas. Acho que condizem perfeitamente com o clube.

29.3.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Ainda me parce que Godinho LOpes é o melhor. Mas sinceramente qure gostei da votação de Dias Ferreira, não me esquece que ele é daqueles lagartos que considera o PC como o maior dirigente do futebol português

29.3.11  
Anonymous Anónimo said...

para animar a malta:

http://www.tsf.pt/Programas/programa.aspx?content_id=904110&audio_id=1817084

http://www.youtube.com/watch?v=jZeHZUl8Yo4&NR=1

http://www.youtube.com/watch?v=HbfViOb7Mgs&NR=1

29.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Essa de virar o emblema do clube ao contrário, além de mau gosto, é pouco original ( Pacheco Pereira já fez o mesmo com símbolo do PSD, no tempo de Santana Lopes).Acima de tudo demonstra arrogância e falta de memória, pois o sue clube já esteve numa situação idêntica, ou ainda mais grave, e foi salvo pelo dinheiro dos contribuintes, quando a Ferreira Leite era ministra das finanças e aceitou o pagamento da dívida do seu clube ao estado com acções que nem sequer estavam cotadas em bolsa e como tal nada valiam, pormenores seguramente no clube de todos os regimes.

29.3.11  
Anonymous Peter said...

O anónimo é mesmo mentiroso as acções foram apresentadas como garantia o pagamento tem sido feito anualmente desde então, mas para quem fala disso já se esqueceu da penhora das retretes.

29.3.11  
Blogger Manuel said...

Com que então as acções de empresas não cotadas em Bolas não valem nada? Quem disse isso? Isso quer dizer que as acções de quase todas as empresas do mundo não valem nada. Sim senhor, mais um que usa a sua ignorância para passar uma mentira como se fosse uma verdade.

Eis mais uma história mal contada que os andrades tentam passar, como chamar "clube do regime" ao Benfica - quando é o contrário - acusar o Benfica de provocações de túneis - quando é precisamente o contrário - ou chamar de mouros às gentes do sul, quando são as gentes do norte que descendem dos mouros. Como mostra uma investigação feita, ironia das ironias, na Universidade do Porto, sobre essa matéria.

A ministra Ferreira Leite mais não fez do que cumprir a lei que havia nessa altura.

29.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Ao Manel
Gostava de saber a sua opinião sobre os negócios da EPUL com o Benfica e o Sporting, considerados recentemente pelo Triunal de Contas, como desastrosos para o érario público.
Se calhar "é mais um história mal contada".
E já agora um bocado de educação também não lhe ficaria mal, mas talvez seja pedir demais.

31.3.11  

Enviar um comentário

<< Home