13/01/11

O CAMPEÃO VOLTOU!

Já ninguém tem dúvidas: o grande Benfica, o Benfica que encantou na época passada, está de volta aos relvados, e promete luta para o que resta de temporada.
Nos últimos jogos notava-se já um crescimento qualitativo considerável. Nestas cinco vitórias consecutivas (17-2 em golos) viu-se uma equipa mais confiante e um futebol mais harmonioso. Mas nunca como nesta noite se vira um Benfica simultaneamente tão constante, tão empolgante e tão goleador - como o foi, tantas vezes, ao longo do ano que passou.
Não adianta argumentar com a falta de oposição da equipa adversária. Tal como acontecia nas goleadas de há um ano, foi o Benfica, com a sua atitude, com os seus ritmos e com a sua classe, a impedir qualquer veleidade ao seu rival, reduzindo-o a cinzas. Em futebol, uma equipa joga sempre o que a outra deixa jogar. No jogo de hoje o Benfica não deixou que o Olhanense sequer respirasse.
Para este crescimento competitivo concorrem vários aspectos. Destacaria três: subida de forma acentuada da dupla atacante (a correr, a jogar e a marcar), assunção de Sálvio como verdadeiro substituto de Ramires (capaz de o fazer esquecer, pelo menos no plano ofensivo), e aumento generalizado dos índices físicos e mentais da equipa. São estes aspectos que fazem com que o Benfica do momento pouco ou nada tenha a ver com o conjunto tristonho e sem rasgo que participou na Champions League, que foi goleado no Dragão e que iniciou a temporada com quatro derrotas em cinco jogos.
Muitos perguntam se esta recuperação futebolística poderá ainda corresponder a uma recuperação pontual no campeonato. A meu ver, muito honestamente, tal será extremamente difícil de acontecer. Compreendo que técnicos e dirigentes mantenham acesa a chama, até para evitar adormecimentos, mas parece-me pouco crível que o FC Porto (mais a mais com as ajudas que normalmente tem) perca os pontos suficientes para pôr em causa o seu primeiro lugar.
Mas a época não se esgota na luta pelo título. O Benfica tem a Taça da Liga para reconquistar, tem a Taça de Portugal que já há muito tempo lhe foge, e tem, sobretudo, a Liga Europa, onde pode agora investir as fichas que há um ano atrás teve de reservar para a batalha doméstica. E a jogar assim todas as ambições são legítimas, até mesmo (porque não?) a de voltar, quase cinco décadas depois, a erguer um troféu europeu – o que, diga-se, valeria por três ou quatro campeonatos nacionais.
Na Taça de Portugal em concreto, os encarnados terão agora de se deslocar a Vila do Conde. Quando o fizerem (julgo que dia 26 deste mês) já se saberá o alinhamento das meias-finais. Sendo estas disputadas a duas mãos, o sorteio será a partir de agora relativamente neutro - apanhar o FC Porto em duas mãos ou depois na final é quase o mesmo, ainda que, pessoalmente, preferisse defrontar a Académica ou o V.Setúbal -, pelo que o Benfica pode e deve apostar forte também nesta competição.
Por agora, fica a boa nova de uma equipa reencontrada com a sua enorme capacidade, e a ideia cada vez mais firme de que a temporada ainda poderá reservar muitas alegrias à nação benfiquista.

26 Comments:

Anonymous Anónimo said...

É engraçado estava à espera de uma análise sobre o rendimento da defesa do Olhanense, mais propriamente do Jardel... ah mas espera esse não pôde jogar porque tinha sido contratado pelo Benfica 2h antes do jogo... tal como aconteceu com o Jorge Ribeiro no Boavista há umas épocas atrás (até falhou um penalti) e o Fábio Faria no Rio Ave o ano passado...

13.1.11  
Blogger No.Worries said...

Ainda só estamos em Janeiro, mas penso que já se começa a ter pena do Sálvio sair do Benfica no final da temporada, assim como aconteceu com o Miccoli e Reyes.

Bem sei, e todos sabemos, que o actual líder é uma mentira, e que só está no lugar que está, e com a surreal diferença pontual que tem, graças aos vergonhosos beneficios que tem tido ao longo da época, mas penso que se os corruptos perderem pontos antes do Benfica (de certeza que as duas equipas vão perder pontos, resta saber quem vai perdê-los primeiro), acho que se "mijam" todos de medo, e nesse caso acredito que seja possivel ao Benfica chegar ao seu lugar, o primeiro, até porque ainda temos que os receber.
E neste aspecto gostava de jogar com eles para a taça, o que implicaria mais um jogo com eles na Luz, e mais uma oportunidade para retribuir o carinho com que eles recebem a nossa equipa no estádio dos golfistas super desdentados.

13.1.11  
Blogger Jotas said...

Foi uma eliminatória que permitiu que o Benfica passasse aos 1/4 de final da Taça sem dificuldades, goleasse e assim aumentou ainda mais os seus níveis de confiança já de si num plano bem aceitável e ao mesmo tempo, permitiu que os jogadores em campo fizessem uma gestão de esforço, complementadas com as substituições operadas.
Destaque para os grandes golos de Cardozo, o tal que por vezes não presta, mas cujos factos falam por si, desde que está no clube, é apenas e sempre o melhor marcador da equipa e se por vezes falha golos, é apenas porque está lá no sítio. Dedicados estes golos a todos aqueles que quando o Tacuara se lesionou, festejaram e virbraram com Kardec, que curiosamente só marcou um golo e falhou poucos, porque nunca estava lá.
Temos claramente um Benfica em crescendo e que nem precisou de uma exiibição de gala para golear, o que para mim é um bom sinal.
Quanto à questõ de Jardel, apenas digo isto, não concordo com o timing, acho eticamente reprovável, mas parece-me que existe por aí muita memória curta,poque também não concordo,que venham agora alguns moralistas condenar esta aquisição, como se os seus clubes fossem virgens nestas situações, infelizmente, este tipo de situações, já aconteceram mais vezes que o desejável e não são usufruto de ninguém em particular.
A questão Fábio Faria, não sei se é burrice ou ignorância, porque esse negócio foi feito em Janeiro, a única coincidência foi que em Maio o jogo do título foi com o Rio - Ave, se calhar o Benfica já tinha adivinhado isso, enfim, santa ignorância.

13.1.11  
Blogger Sry Lanka said...

Jardel no Benfica...no dia do jogo com o seu clube!

Foi mesmo a tempo...no próprio dia do jogo entre ambos...imaginem que o tipo lembrava-se de defender à brava...assim, está sob controlo...:-)) Tudo gente que faz as coisas sem serem "pelo outro lado"...


Ass: Também tenho direito a ver fantasmas...:-))

13.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Quem vão comprar ao Rio Ave, no dia do jogo? O João Tomás? Ou vão emprestar o F.Faria e mais algum jogador, em troca da vitória?

13.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Vergonha.

13.1.11  
Blogger panic at the disco said...

Excelente análise como sempre sobre o rendimento da equipa contextualizado no passado recente e com olhos postos no futuro, só deixaria umas ressalvas, a comparação entre o titulo nacional e a liga europa julgo não ter paralelo, o benfica tem que entrar sempre pra ganhar tanto na taça do guadiana quer na liga dos campeões e se pudesse escolher seriam as 2 competições mesmo hehe.
Quanto ao comentario do anónimo anterior gostaria só de recordar que a compra de jogadores no mes de Janeiro é legal, mas já que dirige o comentário com sarcasco mais lhe digo ILEGAL é a colocação de 10 jogadores em clubes sendo que 2 ou 3 playmakers sofrem de uma misteriosa doença antes das partidas, abram os olhos portistas ganhar por todos os meios é desgostoso.

13.1.11  
Blogger LF said...

Mas... o Jardel jogou????
Não jogou?

Então qual o problema?

Não percebo

13.1.11  
Blogger lawrence said...

Um passarinho disse-me que anteontem alguns telefonemas com indicativo (02) chegaram à Traffic e ao Olhanense para saber da disponibilidade em vender o Jardel porque há um clube italiano e tal que quer levar um rapaz defesa central assim escurinho chamado Ronaldo ou lá como é.
E então...estão a ver a coisa não é??
Acho que foi de propósito para comprar-mos o rapaz assim à pressa e depois armarem em "santinhas ofendidas".

13.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Se calhar é mesmo esse o problema. E maior é o problema quando não o deixam jogar contra o Benfica mas "emprestam-no" para o jogo com o Guimarães do próximo fim-de-semana...

13.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Indicativo 02 ja nao existe ha alguns anos.ja ha alguns anos que é 22.mas voces so vivem do passado.

LF, o problema não está se jogou ou nao jogou. Está no timing da sua contratação e nos comentarios que ha jogadores do porto que nao jogam nas vesperas ou que estao a ser seguidos pelo fcp e é tudo comprado e nao sei quê. Como foi o benfica a fazer o mesmo já é normal?. Seja coerente

13.1.11  
Anonymous Anónimo said...

foi dito e feito se dessem tempo o pinto da bosta ainda punha a mao,o anonimo se nao gosta nao coma

14.1.11  
Anonymous Peter said...

Meu caro anónimo vejo que está muito indignado sobre o timming da contratação do Jardel ao Olhanense,compreendo a sua indignação do ponto de vista ético, mas do ponto de vista legal o Benfica não cometeu nenhuma irregularidade ou cometeu?E deixe-me que lhe diga eu cada vez que oiço as escutas do apito dourado fico muito mais indignado que o meu caro fica com este tipo de contratações, sabe porquê? Porque as escutas são espelho de um grande clube português que não tinha necessidade nenhuma de recorrer á corrupção para ganhar fosse o que fosse, mas recorre e é uma vergonha.E as escutas tb revelam bem o estado em que a justiça portuguesa se encontra, ou seja no lodo.Grande Benfica grande exibição contínuo a acreditar no título.

14.1.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Primeiro aspecto do seu comentário GRANDE BENFICA e BENFICA EM GRANDE. Segunda consideração eu ainda gostei mais do jogo com o União de Leiria. Terceira consideração, quando o Benfica começa a crescer aparecem neste blogue as melgas do costume mascaradas de anónimos ou da terra do Sandokan, mas que no fundo não passam de uns ratos do APOEL ou seja ratos que possuem uma deficiência genética que permite ter as veias cheias de gordura.
Sobre o Benfica dá gosto ver os golos e sobretudo o Salvio o Saviola o Gaitan, o Cardozo, o Ruben Amorim. Realmente é um coração maravilhoso sem colesterol, sem veias entupidas e necrosadas. Quando se compara o sangue vivo do Benfica com certos clubes de sangue azul que não passam de veias necrosadas e intoxicadas de vigarice, pulhice, trafulhice e mais outras coisas farmacêuticas também terminadas em ice.

Espero que a inteligência da SAD do Benfica venha ao de cima e contrate o Salvio

14.1.11  
Anonymous Pedro said...

A quem fala do Jardel (que por acaso nem jogou...), aproveito para relembrar o jogo Porto-Setúbal da Taça da Liga 08/09, em que o Leandro Lima falhou um penalty de forma no mínimo bizarra perto do fim do jogo. O Porto ganhou 2-1 e o Leandro Lima estava emprestado ao Setúbal imaginem por que clube...

14.1.11  
Anonymous zé ninguém said...

adoro a elasticidade da espinha e da moral (de alguns) benfiquistas: só para vocês é aceitável contratar um jogador no dia em que essa equipa vai jogar à luz (deve ser para evitar pagar a viagem)...

eu não me esqueço que, no ano passado, o sr. luis fialho fez comentários relativamente ao facto de o porto ter cotnratado o rúben micael após um jogo com o sporting (!) agora esta situação já é perfeitamente aceitável não é? e mais, o benfica, magnanimamente, empresta o dito jogador ao olhanense para um último jogo... tudo normalíssimo!

@pedro, o ano passado o cardozo também falhou um pénalti no bonfim (pénalti esse estupidamente cometido pelo zoro, que "estava emprestado ao Setúbal imaginem por que clube") "de forma no mínimo bizarra perto do fim do jogo". a minha pergunta é: estaria contratado pelo vitória (ou pelo porto)? ou terá sido um misto de nabice, azar e nervosismo?

(infelizmente creio que irei ficar sem resposta...)

14.1.11  
Blogger LF said...

Zé Ninguém,

Se calhar tem razão. Os critérios nem sempre são iguais.
Mas eu sei muito bem de quem desconfio.
Se há uns que são condenados por corrupção, recebem árbitros em casa, e pagam-lhes viagens, é normal que façam também outras coisas.

Neste caso, até os compreendia que o jogador tivesse jogado. Como foi retirado da equipa, não percebo que facilitismos possam ter existido.
De resto acho normal que, tendo-se a equipa algarvia, e os seus dirigentes, deslocado a Lisboa, seja nesse dia concretizado o negócio.

14.1.11  
Anonymous the_passenger said...

Com 8 pontos de vantagem e arbitragens no mínimo estranhas e eles continuam a andar tão nervosinhos... Já para não falar nos jogadores emprestados por essas equipas fora que estranhamente se lesionam quando jogam com a 'equipa-mãe' para depois terem recuperações milagrosas na semana a seguir. Enfim. Tentam justificar as trafulhices do seu clube com os outros, mas os rabos de palha que têm são maiores que um véu de noiva. E acho normal que falem da elasticidade de espinha e de moral quando claramente não a têm, aí está algo que se podem orgulhar de serem os maiores. Qualquer andrade é digno de substituir o personagem do Quarteto Fantástico a qualquer altura. Que eu saiba estamos a falar de uma contratação na reabertura de mercado e não de um jogador contratado no fim da época quando já se sabe que está 'apalavrado' há meses. Prática recorrente nesse tal clube do filo dos moluscos.

Era bom ver o Benfica voltar a levantar uma taça de uma competição europeia, mas acho que não era capaz de sacrificar um campeonato nacional por isso, mesmo este que está entregue praticamente desde o início. Até porque estou como o outro, acredito que somos capazes de ganhar o campeonato mesmo quando já não é matematicamente possível...

14.1.11  
Anonymous Peter said...

zé ninguém e anónimo manquem-se com tudo o que o vosso clube tem feito, que moral é que vocês tem para dizer seja o que for em relação ao Benfica.

15.1.11  
Anonymous Pedro said...

zé ninguém,

O exemplo que deste é exactamente igual ao exemplo do Jardel, ou seja, é uma situação normal. O Cardozo se falhou esse penalty, foi porque esteve mal ou por falta de sorte, visto que ele é jogador do Benfica e não ia falhar para prejudicar o próprio clube. O exemplo que eu dei é acerca de um jogador do Porto emprestado a outra equipa.
Se tu e os outros querem arranjar teorias conspiratórias, ao menos podiam basear-se em situações mais credíveis, como por exemplo: Porque razão o Porto costuma ter muitos jogadores emprestados a vários clubes da 1ª divisão, porque razão certas equipas e certos treinadores quando defrontam o Porto as coisas lhes correm sempre mal, porque é que a justiça e a imprensa ignoram as escutas que estão no Youtube, etc. etc. Têm muito por onde pegar!

15.1.11  
Anonymous Anónimo said...

a vitoria refere-se ao Happoel que espetou 3 no benfica esta época?

15.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Caro the passenger

Nao me parece que haja nervosismos. O que apenas eu pessoalmente me interrogo ( nao sou o anonimo que falou da espinha e de kmoral )se fosse o futebol clube do porto a fazer esta contratação, o que seria aqui dito e se o jogador nao jogasse entende? Eu pessoalmente concordo que naot enha jogado, porque se jogasse e tivesse o azar de ou ter feito um penalti, ou amrcar um golo na propria ou algo assim, o que seria dito do jogador. As duas partes concordaram em defendê-lo e estou plenamente de acordo.

Agora vejamos, se o porto "apalvra" um jogador em fevereiro para ser contratado no fim da época, o máximo de jogos que esse jogador fará contra o porto é 1 ( podendo eventualmente jogar ou para a taça, ou taça da liga ) mas não me parece que o rendimento do jogador seja menor devido a isso. Se ele não deveria jogar contra a equipa que está "Apalavrado"? temos duas faces, igual ao jardel: 1º Nao joga e toda a gente que ele nao jogou por estar contratado e nao sei quê; 2º joga e facilita ou faz alguma coisa mal, como poderia acontecer ao jardel se jogasse e era por ja estar comprado.

Eu pessoalmente defendo que jogadores emprestados e ja comprados nao joguem com as equipas "apalavaradas" ou que tenham emprestado os jogadores. Nao sei qse concorda comigo ou nao, mas é apenas a minha opiniao.
sou portista, acho que neste momento o benfica está a melhorar, mas nao me sinto nervoso, pois o porto tambem joga bem ( claudicou um pouco, mas penso que seja normal devido ao ritmo que impos e estivesse a precisar de umas ferias) e penso que teremos campeonato ate ao fim. O ano passado o benfica ganhou bem, jogou o melhor futebol, foi mais regular. este ano, vamos a meio...

saudosos cumprimentos

15.1.11  
Anonymous Anónimo said...

O clube da moral e bons costumes ataca de novo. Sem vergonha nenhuma.

16.1.11  
Anonymous the_passenger said...

@Anónimo

Pessoalmente também acho que o 'timing' para a contratação não foi o melhor, mas de acordo com as palavras do presidente do Olhanense, esta foi a altura possível:

«Negócio de Jardel: presidente da Olhanense refuta críticas de favorecimento

O presidente do Olhanense, Isidoro Sousa, recusou hoje quaisquer críticas ao negócio da transferência do central brasileiro Jardel para o Benfica, confirmado quarta-feira, no dia do jogo entre as duas equipas para a Taça de Portugal.

"Fui contactado há mais de uma semana pelo presidente e director desportivo do Benfica no sentido de não fechar com ninguém sem ouvir a última palavra do Benfica, mas, por questões de agenda pessoal, só foi possível reunir quarta feira", disse o dirigente, em conferência de imprensa realizada em Olhão.

Isidoro Sousa sublinhou que "não houve maldade em coisíssima nenhuma", referindo que o jogador não defrontou o Benfica para evitar eventuais apreciações negativas sobre o seu comportamento em campo.

"O Jardel podia ter jogado mas entendemos que não devia jogar. Corria-se o risco de o jogador ter uma infelicidade num lance qualquer e depois questionava-se que o jogador teria tido um deslize e teria facilitado por já ser do Benfica. Penso que foi uma medida acertada", acrescentou.»

(http://www.ojogo.pt/Directo/NoticiaHora_futporolhanensejardelslbdec_
130111_328243.asp)

Ainda sobre este assunto, o presidente do Olhanense acrescentou que “por insistência minha, ainda vai jogar na próxima jornada contra o Vitória de Guimarães" e que o passe do Jardel não era pertença do Olhanense e que o Olhanense receberia uma compensação pela valorização. Para além disso, era um jogador cobiçado por outros clubes, por isso é natural que o Benfica queira antecipar a contratação para não deixar fugir um jogador que considera uma mais-valia para a sua equipa, especialmente estando nós na reabertura do mercado. Apenas escrevi o que escrevi porque o Porto (bem como outros clubes) já fez o mesmo nas contratações de, por. ex., Helton e Rúben Micael, e nesses casos não houve lugar para polémicas nem opiniões de comentadores desportivos nesse sentido como agora. Já para não falar no caso do Maniche, mas enfim… Mas nestes casos há sempre a memória selectiva a funcionar, pelo menos para alguns.

18.1.11  
Anonymous the_passenger said...

Compreendo perfeitamente o seu ponto de vista em relação aos jogadores emprestados / já comprados, mas na verdade é uma faca de dois gumes. Se por um lado é natural que se levantem dúvidas quanto ao profissionalismo do jogador nestas situações, por outro lado também se pode levantar a questão de os clubes aos quais são emprestados não ficarão mais enfraquecidos pela não utilização dos mesmos, especialmente se estes forem habituais titulares. Penso (para ser sincero, não tenho a certeza em relação a isto) que os actuais regulamentos vão no sentido da utilização desses jogadores se assim o entender o clube ao qual estão emprestados, salvaguardando essa opção. Sinceramente, não sei dizer o que é melhor...

Também acho que não há razões para nervosismos, mas a verdade é que vejo muitas declarações sobre o Benfica da parte do presidente e do treinador do Porto, com as consequentes respostas e contra-respostas de parte a parte, algumas até bem dispensáveis, bem como várias ‘atoardas’ por parte de adeptos, numa altura em que o Porto vai bem adiantado para ganhar o campeonato e apenas depende dele próprio. Acho que não havia necessidade desta guerrilha de palavras. E também não acho que é por uma ou duas exibições menos conseguidas que se pode dizer que o Porto está a fraquejar…

Que no fim do campeonato ganhe o melhor, e sem polémicas…

Com os melhores cumprimentos

18.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Caro the passenger,

Compreendo perfeitamente e também não sei qual é o melhor. Se a equipa que vendeu, neste caso o Olhanense, se sentisse mais fraca, diria aos dirigentes do Benfica, qualquer coisa do genero: negociamos depois do jogo. Concordo que ele não tenha jogado, até porque, como já referi, podia ter algum azar ( quem não os tem?) e seriam ditas mil e uma coisas.

Também acho desnecessária a guerra de palavras, não ha necessidade nenhuma.
Repito as suas palavras,. que no fim ganhe o melhor sem polemicas.

Cumprimentos

18.1.11  

Enviar um comentário

<< Home