28/07/10

NOVA VITÓRIA, NOVO TROFÉU

À semelhança do que ocorrera na pré-temporada passada, o Benfica de Jorge Jesus parece empenhado em coleccionar troféus. Depois do Torneio de Guimarães, agora a Albufeira Summer Cup. Valem pouco, ou nada, mas é sempre melhor ganhá-los do que perdê-los.
Em termos de resultados, as duas pré-épocas poderão até vir a equivaler-se, caso os encarnados arrebatem também o Torneio do Guadiana e a Eusébio Cup. Já quanto ao futebol jogado, a exuberância exibicional de há um ano atrás não tem estado presente, em larga medida devido às contingências do Mundial – jogadores a chegar a conta-gotas, estados de forma distintos, e dificuldade em apresentar a melhor equipa. Sente-se o suave perfume da temporada passada, nomeadamente quando Aimar (a prometer uma época em grande) e Saviola pegam no jogo, mas a fluidez colectiva do futebol benfiquista não tem sido, nem poderia ser, aquela que valeu o 32º título nacional.
O grande caso do Benfica é, por estes dias, o guarda-redes Roberto, e há que dizer que, sem a sua presença na baliza, os motivos de interesse do jogo de Albufeira diminuíram fortemente. Júlio César e Moreira não tiveram qualquer trabalho ao longo dos noventa minutos, mas o zero registado nas redes encarnadas não deixa de ser irónico, sobretudo porque, se descontarmos o jogo com os amadores do Monthey, foi a primeira vez que aconteceu nesta pré-época – justamente na primeira ocasião em que o espanhol não foi utilizado.

Fábio Coentrão e Cardozo voltaram a ser decisivos. Um a cruzar, outro a marcar, tal como havia acontecido frente ao Mónaco, e tal como se espera vir a acontecer muitas vezes ao longo da temporada, caso ambos permaneçam no plantel.
A propósito de Coentrão, e conhecendo um pouco melhor as características de Gaitán, terei de rever aquilo que escrevi há uns dias atrás, quando considerei o lateral como um dos jogadores cuja saída menos penalizaria o colectivo benfiquista, se é que se pode dizer tal coisa de algum dos titulares da equipa campeã nacional. Na verdade, tenho reparado que o argentino, embora detentor de boa técnica, não verticaliza o jogo da mesma forma que Di Maria o fazia. É uma espécie de Di Maria, sim, mas de 2007-08, ainda à procura do seu espaço no futebol europeu. Pode perfeitamente ser titular, mas necessita de um apoio incisivo na hora de buscar os desequilíbrios. Esse apoio só pode vir de Fábio Coentrão, que se torna assim uma peça indispensável a este Benfica. E nem me espantaria que o vilacondense acabasse por voltar (pontual, ou mesmo, definitivamente) ao seu lugar de origem, onde - ele sim - poderia tornar-se o substituto natural do agora jogador do Real Madrid.
Da partida com o Sunderland fica ainda a confirmação do bom momento de Carlos Martins, e a ligeira subida de rendimento de Javi Garcia e Sidnei. Já David Luíz, em dia de convocatória para a selecção brasileira, voltou a exibir a sua classe, alicerçada também numa tremenda auto-confiança.
Na sexta-feira, novo teste. Será a vez dos holandeses do Feyenoord.

5 Comments:

Blogger Natálio Santos said...

Sugiro a todos os benfiquistas que deixem de subscrever a Sport tv, eu nunca a tive e vejo na mesma os jogos na NET , não compro qualquer um dos 3 jornais desportivos deste pais, pois na NET vejo as noticias que vêm escritas nesses jornais um dia depois, mas o mais importante é que assim não alimento corruptos e os seus avençados,eu só compro um jornal, é semanal,sai ás 6 feiras, e chama-se " O BENFICA ", E PEÇO A TODOS OS BENFIQUISTAS QUE FAÇAM O MESMO, SE TODOS NOS UNIRMOS EM DEFESA DO NOSSO CLUBE, SEGURAMENTE QUE OS CORRUPTOS E OS SEUS AMIGOS VÃO PERDER MUITA FORÇA " BENFIQUISTAS A NOSSA INÉRCIA É A FORÇA DOS NOSSOS INIMIGOS"...!!! VIVA O SPORT LISBOA E BENFICA !!!

29.7.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Olá Luis
Esta pré epoca do Benfica é caracterizada pela entrada de mais golos nas balizas, quase o dobro dos marcados, quase o dobro dos sofridos.

Sidnei parce-me que subiu de rendimento porque baixou de peso. A época passada tinha mais seis quilos quando voltou de férias (como é possível)

Roberto o caso mais preocupante verdade, mas se isso permitir o regresso de Moreira optimo é precido uma boa defesa na baliza. Pior pior são os comentários em off dos jornais tendenciosamente do Porto e do Sporting Jorge Goulão Pedro Henriques e outro que não me lembro sobre Jorge de Jesus e Roberto. Assim não vamos lá

29.7.10  
Anonymous Quim Tapisso said...

A cada jogo que passa fico com mais certezas da necessidade de contratar um lateral esquerdo. Os motivos são vários e alguns deles vão de encontro à tua opinião sobre a asa esquerda do Benfica. Concordo contigo na análise a Gaitan que poderá levar Coentrão a ter que subir. Nesse caso, ficar apenas com Peixoto para a lateral é curto. Mais, na eventualidade de ser batida a cláusula de rescisão de Coentrão preferia ter já um lateral contratado. Por último, de certeza que é mais barato um lateral do que um extremo...

29.7.10  
Blogger LF said...

Natálio,

É uma postura de assinalável coerência e rectidão.

Mas A Bola é um bom jornal, que normalmente respeita o Benfica.
E na Sport Tv também trabalham muitos benfiquistas. Isso garanto-lhe.
Acho, sinceramente, que a RTPN e a SICN são bem mais corrosivas no seu alinhamento editorial desportivo.


Vitória,

O outro é o Rui Pedro Rocha.
Tanto o Moreira como o Júlio César oferecem confiança. Não são super-estrelas das balizas, mas são guarda-redes para jogar em qualquer equipa portuguesa.

Quim,

Para mim o plantel actual chega... se não sair ninguém.
Mas a reforçá-lo, concordo que fosse com alguém para jogar na ala esquerda. De preferência que fizesse todo o corredor, podendo jogar como lateral ou médio/extremo.

Já tenho dito que gostava muito de ver Coentrão a extremo. Tenho poucas dúvidas de que, em pouco tempo, valeria tanto como o Di Maria, pois tem uma capacidade técnica muito semelhante, e uma capacidade física que me parece até superior.
Enquanto lateral duvido que alguém bata uma cláusula de 30 milhões... O que não deixa de ser uma boa notícia.

29.7.10  
Anonymous Bancada Meo said...

Os comentários nojentos:
http://www.youtube.com/watch?v=gknnk44NPIg

O comunicado do Benfica:
Os comentários intoleráveis da Sport TV
Fomos surpreendidos, durante a manhã desta quarta-feira, com comentários depreciativos em relação a profissionais do Sport Lisboa e Benfica promovidos por dois jornalistas e pelo comentador destacado da Sport TV nos momentos que antecederam a transmissão televisiva do jogo entre o Benfica e o Sunderland.

É uma situação que se lamenta mas que não surpreende. Já no ano passado o Sport Lisboa e Benfica tinha alertado os responsáveis daquele canal para este tipo de comportamentos e atitudes. É verdade que a parte da transmissão da Sport TV que foi dada a conhecer devia ficar no anonimato, uma vez que a mesma não foi para o “ar” durante a emissão do encontro. No entanto, isso não serve de atenuante.
É daquilo que dizem nas nossas costas que melhor percebemos a intenção e o alcance dos comentários e observações que são produzidos publicamente.
O Sport Lisboa e Benfica espera um pedido de desculpas formal e público por parte dos responsáveis da Sport TV. Até lá, os profissionais do Sport Lisboa e Benfica não vão colaborar ou participar em qualquer iniciativa da responsabilidade daquela estação televisiva.

Comunicado da SporcosTV
A Sport TV Portugal, S.A. tomou hoje conhecimento da divulgação ilícita de momentos que antecederam a transmissão do jogo entre o Sport Lisboa e Benfica e o Sunderland AFC e que não foram objecto de emissão nos seus canais. Nesse período dedicado a testes exclusivamente técnicos, foram proferidas expressões inadequadas, nomeadamente sobre alguns intervenientes do jogo.

Desde a sua fundação, a Sport TV Portugal, S.A. sempre se pautou por critérios de rigor, isenção, imparcialidade e independência, assegurando um tratamento não discriminatório entre todos os agentes desportivos.

Enquanto estação de televisão que se rege pelas mais rigorosas normas deontológicas e pela ética profissional dos seus jornalistas, a Sport TV Portugal, S.A. lamenta profundamente as expressões infelizes ontem proferidas e informa que, de imediato, foram implementados os procedimentos disciplinares adequados, bem como o apuramento das responsabilidades pela difusão dos comentários e disponibilização pública das imagens.

As desejáveis e possíveis consequências:
Benfica admite rescindir contrato com Olivedesportos
Por Nuno Paralvas
Vários elementos da Direcção do Benfica vão convocar um plenário dos Órgãos Sociais para debater a antecipação do final do contrato dos direitos de transmissão televisiva com a Olivedesportos.

Os comentários dos profissionais da Sport TV sobre Roberto e Jorge Jesus, antes do particular com o Sunderland, não emitidos em directo mas revelados no YouTube, estão na origem da decisão da Direcção encarnada, que pode decidir-se, no limite, pela rescisão do contrato, que expira no final da época 2012/2013.

O clube emitiu, ontem, um comunicado no qual manifestava surpresa «com os comentários depreciativos a profissionais do Sport Lisboa e Benfica promovidos por dois jornalistas e pelo comentador destacado da Sport TV», antes da transmissão do jogo com o Sunderland.

«É uma situação que se lamenta mas que não surpreende», podia ler-se no comunicado, que lembra o alerta do clube, no ano passado, para «este tipo de comportamentos e atitudes».

AS Soluções:
Temos que condenar veementemente este tipo de tratamento.
Podemos tomar algumas medidas:

1. Inundando a caixa de email da operadora de televisão
comentarios@sporttv.pt
2. Deixando de assinar o canal (São 276€ por ano!! Em tempo de crise temos de cortar nas Merdas, não é?!) 
3. Usando os canais alternativos para ver os jogos na conhecida SportPC.
a. http://www.atdhe.net/
b. http://iraqgoals.net/
c. http://www.soccertvlive.net/
d. http://tvtuga.com.pt/
e. http://extralive.tv/
f. http://www.livesoccertv.com/
E muitos mais andam por ai!!!

29.7.10  

Enviar um comentário

<< Home