09/03/10

POLITICAMENTE INCORRECTO

O FC Porto joga hoje em Londres a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, e com isso, a hipótese de salvação da época - afastado que está da conquista do título, e partindo do princípio que nem Taça da Liga, nem mesmo Taça de Portugal, serão suficientes para aquecer a alma do Dragão.
Conheço muitos benfiquistas (alguns deles destacados) que irão torcer pelos azuis-e-brancos. Não são a maioria, mas estou em crer que, globalmente, constituem um número significativo. É o patriotismo a falar mais alto. É o politicamente correcto a ditar as suas leis.
Não me peçam para fazer parte desse grupo. Com toda a honestidade, desejo que o Arsenal ganhe e o FC Porto seja eliminado. Não irei sofrer com o jogo (vou vê-lo com total tranquilidade), e nenhum resultado me fará chorar, mas se pudesse escolher, o Arsenal seguiria em frente.
Nem sempre pensei assim, e recordo-me de, na inocência dos verdes anos, ter ficado feliz com o triunfo do Porto em Viena. Um ano depois assisti pela TV, chocado, aos festejos na baixa portuense após o penálti falhado por Veloso em Estugarda, e desde então a minha posição sobre o assunto alterou-se, variando de acordo com as temporadas e as ocasiões. Agora é assim.

O tema merece ser analisado. Até porque entra em linha de conta com diversos factores, quer no âmbito das emoções, quer quanto ao pragmatismo dos pontos, ou do desgaste que as provas europeias acarretam. Direi por exemplo que, caso o FC Porto estivesse na discussão do título com o Benfica talvez me agradasse a sua continuidade na Europa de modo a dispersar assim as suas atenções e esforços. Tal como tenho a certeza que, no dia em que Pinto da Costa desaparecer, irei passar olhar o FC Porto com outros olhos - certamente com muito maior respeito -, sendo então capaz de torcer pelos seus sucessos internacionais, como o faço quando jogam Braga, Guimarães, Nacional e todos os outros, entre os quais, e na maioria dos casos, também o Sporting.
Muito embora, no meu ponto de vista, a verdadeira e única representação do país seja a Selecção Nacional, e os clubes sejam hoje autênticas multinacionais desportivas, cujos laços de identidade patriótica são pouco mais que residuais, a verdade é que o sistema de pontuações da UEFA também obriga a reflexões. Uma boa temporada europeia de Benfica, FC Porto e Sporting (como esta vai sendo), pode significar benefícios para todos nos próximos anos. E isso também deve ser ponderado.
Mas, na conjuntura actual do futebol português, trocava bem uns pontinhos do FC Porto no ranking pela instabilidade estrutural e financeira que uma eliminação em Londres seguramente traria ao clube. Trava-se neste momento uma batalha doméstica pela hegemonia no futebol português dos próximos anos, e dessa luta o FC Porto ainda não está afastado. O que resta desta temporada é particularmente relevante para aquilo que pode vir a ser a próxima, e uma caminhada portista até a uma nova final europeia (coisa que, diga-se, com Bordéus, Lyon, Fiorentina e Sevilha possivelmente apurados, não é de colocar de parte) poderia alterar radicalmente o sentido da história que se vai pressentindo internamente. Uma passagem aos quartos-de-final ainda será tolerável, mas mais do que isso poderá pôr em causa os novos equilíbrios que se desenham no futebol português, e acabará por se tornar, indirectamente, prejudicial ao Benfica. Assim sendo, o mais prudente seria a coisa ficar resolvida já hoje.

PS: Ficou expresso o meu desejo. Outra coisa é a minha antevisão daquilo que pode acontecer. Essa aponta para a forte possibilidade do FC Porto, mesmo em crise, passar a eliminatória.

20 Comments:

Anonymous Brytto said...

duvido!!!!!!!!!!

9.3.10  
Anonymous André Teles said...

Estou contigo, L.F.!!!

A europa não precisa de clubes batoteiros...

9.3.10  
Anonymous iBenfiquista said...

Totalmente de acordo.

9.3.10  
Anonymous mário said...

Torcer por esses gajos!!!!!! Nunca. Quem com eles convive todos os dias como eu sabe do que fala.

Para quê torcer por eles? Para eles terem mais taças europeias?

Quanto aos pontos, se o Benfica ganhar sempre não precisa dos pontos dos outros para nada.

saudações benfiquistas

9.3.10  
Anonymous Anónimo said...

Pró car**** com o politicamente correcto!!!!

9.3.10  
Blogger cj said...

Eu sempre torci pelos clubes portugueses, sem excepção.

Sou sportinguista, mas até já cheguei a ir ver um jogo do benfica há muitos anos para a taça dos campeões ou para a uefa na altura, já não me recordo.

Isso acabou quando o sporting foi à final em 2005 contra os russos, quando, no café onde estava a ver o jogo, me deparei com os festejos de adeptos benfiquistas, presentes em grande número.

Nunca eu faria tal coisa perante uma derrota de porto ou benfica, mas talvez sejam esses pormenores que distinguem um verdadeiro sportinguista de outros adeptos.

A partir daí a coisa mudou.

9.3.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Totalmente de acordo, não consigo torcer pelo Porto apesar de ter muitos amigos e muito boas pessoas do FCP.

Não acho que o Porto ganhe, quem viu a performance das duas equipas no sábado. Mas logo se verá. Até porque o resultado em Portugal foi um grande favorecimento do arbitro e da nabice do guarda-redes.

È Portugal, não concordo, quanto maior o número de clubes a disputar na Europa maior é a hegemonia do FCP em portugal, porque mais jogadores vai emprestar e mais influencia vai ter visto pertencer ao G14.

9.3.10  
Blogger LF said...

Cj,

Se a coisa mudou, então agora já não torces pelo Benfica. É isso?

Eu também torcia pelo Porto na Europa, até àqueles festejos na baixa em 1988.

Mas temos de perceber que há adeptos para todos os gostos.

A linha que pretendi dar ao texto é a de que ninguém é moralmente obrigado a adoptar um ou outro comportamento.
A representação nacional por excelência é a selecção. Os clubes são dos seus sócios e adeptos.

Eu procuro guiar-me por razões pragmáticas. E neste momento acho importante para a correlação interna de forças que o Porto não vá muito longe na Europa.
Noutra conjuntura poderei achar o contrário.

Mas quanto a ver jogos, digo-te que já fui muitas vezes a Alvalade ver jogos do Sporting com outras equipas. E muitas delas sozinho.
Não para apoiar o Sporting, mas simplesmente para ver futebol.

9.3.10  
Blogger M. said...

Nunca, na minha vida, torci por azuis ou verdes (excepto quando jogam um contra o outro). Mais, só torço para passarem eliminatórias em fases muito precoces porque pode ser um desgaste físico.
Não percebo o patriotismo, sempre me fez confusão. Não consigo gostar mais de uma pessoa por ter nascido no lado de cá do traço imaginário do que a do lado de lá. Em termos clubísticos sempre odiei e sempre vou odiar toda a gente em Portugal excepto o Benfica e o Farense (não é o meu "2º clube", mas é o clube da terra onde cresci). Portanto, porto, sporting, marítimo, nacional, braga, boavista, não interessa, sempre torci CONTRA. Porque cá dentro nunca houve ninguém "simpático" ou "politicamente correcto" com o meu Benfica. A maioria foi sempre conivente com o sistema azul e branco e sempre que nós caímos todos, sem excepção, ficam felizes. Não esperem encontrar em mim um amigo.
Festejei a vitória do CSKA loucamente, como se fossem meus irmãos e anseio para que joguem na Luz para lhes prestarmos uma homenagem condizente com a alegria que deram aos verdadeiros Benfiquistas.
Há muito que o futebol português se transformou numa guerra. De um lado o Benfica, do outro, quase todos os outros (foram poucos, os inocentes), sendo o cúmplice mais grave - pela sua importância - o sporting. Este ano, pela primeira vezem muitos, vejo sinais de falência desse sistema podre e corrupto.
Não quero prisioneiros.

9.3.10  
Anonymous Tiago Pereira said...

"Até porque o resultado em Portugal foi um grande favorecimento do arbitro e da nabice do guarda-redes."

Por amor de Deus...

9.3.10  
Blogger LF said...

Vitória,

Também tenho amigos portistas. E gosto de discutir (amistosamente) futebol com eles.
Isto sem falar na cidade do Porto, da qual eu gosto bastante.

Mas...amigos, amigos, negócios à parte.

Direi também que a minha relação com o FC Porto é muito condicionada pelo seu presidente.
Mais do que não gostar do FC Porto, não suporto Pinto da Costa, e tenho a certeza que sem ele este clima entre os clubes será bem diferente, e muito mais saudável.

9.3.10  
Blogger LF said...

M,
É uma posição legítima. E fundamentada.

Mas eu nunca festejei uma derrota internacional do Porto ou do Sporting.
Desejo, neste caso, que o Porto perca, mas se isso acontecer ninguém me verá na rua em euforias.

Nem sofro com este tipo de jogos.

A nivel nacional, sim. Por vezes chateia-me bastante, por exemplo, quando ganham nos últimos minutos. E em muitas ocasiões fico eufórico quando perdem pontos.
A nivel internacional vejo com maior distanciamento. É quase o mesmo que estar a ver o Bayern-Fiorentina. Quase.

9.3.10  
Blogger M. said...

Não festejo nas ruas, mas fico muito, muito contente (digamos que festejo em casa). Sobretudo pela brutal repercussão nacional que os resultados lá fora podem ter.
Quero deixar bem expresso que não é motivo de felicidade como ver o Benfica ganhar. Mas depois de tudo o que aturámos estes anos todos, depois de todas as falcatruas, todos os roubos, é preciso estômago para conseguir sequer sorrir quando eles ganham.
Não foram os festejos na baixa em 88, nem o fogo de artificio em alvalade depois do Benfica Milan em Viena. Foi o nojo de ter que aturar os anos noventa. Foram aqueles jogos nas antas e os sorrisos dos verdes, felicíssimos de nos verem perder.
Quero que uns voltem ao que sempre foram antes do "papa" e que outros acabem a discutir a descida com o belenenses.

9.3.10  
Anonymous zé das coibes said...

allez allez arsenal

9.3.10  
Anonymous Anónimo said...

Ai M., uma pastilhinha de rennie fazia-lhe tao bem

10.3.10  
Blogger desespedrado said...

Não podia concordar mais, LF.
Mas eu tenho outro nome para o que sinto: coerência.
Se nunca torço por eles ao Domingo, porque carga d'água o faria a uma 3ª, 4ª ou 5ª feira?
Quero é que esse clube de Andrades corruptos vá parar onde já há muito merecia estar: nas divisões secundárias, e que o seu Presidente acabe os seus dias onde deve: na prisão.

Saudações Benfiquistas, 5ª lá estarei para o meu 11º jogo ao vivo este ano do GLORIOSO.

10.3.10  
Blogger LF said...

Pelas minhas contas, o meu será o 16º
Ainda ganho.

10.3.10  
Blogger M. said...

Anónimo: tomei 5. Fiz mal?

10.3.10  
Anonymous Anónimo said...

M

é isso mesmo!!!
Não consigo estar mais de acordo!

Em casa, junto com a minha mulher e por vezes com os meus pais (sim, os dois), sempre que o porto leva um, sai um vigoroso e prolongado Gooooooooloooo!! Inchem!!! Tomem porcos!!!!


Porquê?
Porque sim já seria motivo mais que suficiente, mas porque ser Benfiquista é ser contra todos os outros, adopto a minha postura recta e invergável de ser sempre contra o porto, sporting, braga, paços de ferreira, académica, beira-mar, belenenses, leixões, etc... sempre, todos e sem qualquer excepção.



Todos estes e outros que não descrevi, andam vergados ao porto, na esperança que o "poder" demonstrado um dia lhes traga algum beneficio.

Força Benfica! O castelo está a cair!!!

10.3.10  
Anonymous Anónimo said...

Soberbo!!!


http://dl.dropbox.com/u/2660513/os_cinco_em_londres.pdf

11.3.10  

Enviar um comentário

<< Home