O CORDEIRO E OS LOBOS

Nos dias que correm, com a extrema mediatização a que o futebol está sujeito, todos os veículos comunicacionais são importantes para a expressão dos interesses dos clubes – em particular os que lutam entre si pelos principais títulos. Deste modo, a utilização do espaço mediático envolve uma responsabilidade acrescida para todos os que têm por missão representá-los.
O modelo de programa televisivo com um representante de cada um dos clubes grandes debatendo a actualidade do futebol português, tem tido grande receptividade no país desportivo, apresentando significativas audiências, quer na SICN, com “O Dia Seguinte”, quer na RTPN, com o “Trio de Ataque”, ou mesmo no Porto Canal com o mais recente “A Bola é Redonda”. Em todos estes espaços, os adeptos representativos dos clubes discutem a jornada e os casos, defendendo os seus clubes com maior ou menor talento argumentativo, mas generalizadamente com firmeza e determinação. A excepção é Fernando Seara.
O presidente da câmara de Sintra protagoniza com o sportinguista Dias Ferreira e o portista Guilherme Aguiar o painel de “O Dia Seguinte” mas, ao contrário dos seus companheiros de programa, presta-se a um triste papel de mero comentador isento sem um pingo de preocupação com os interesses do clube que seria suposto ali representar.
Fernando Seara, talvez fruto da sua carreira política – e da consequente necessidade de agradar a quase todos -, denota uma impressionante falta de empenho sempre que o Benfica e os seus interesses são postos em causa pelo resto do painel, não conseguindo evitar que o clube saia sistematicamente molestado daquele programa, com as consequências que isso acarreta em termos de opinião pública. A ataques fortes e permanentes, Seara responde com tibieza e sorrisos amarelos de quem não se quer chatear muito. Para além de não perceber de futebol, e não ter o dom da palavra - torna-se enfadonho ouvi-lo dissecar sobre aspectos laterais -, o autarca revela pouca oportunidade nas interrupções que faz, e total apagamento nos momentos mais quentes.
Não se discutem os méritos de Fernando Seara – pai de sportinguistas e esposo de portista - enquanto autarca, jurista ou professor universitário. Acredito que seja muito bom nessas ou noutras actividades. Creio também que se trata de uma pessoa séria.
Nada disso está em causa. Apenas o papel que ali deveria desenvolver e no qual falha redondamente. Não se pode, nem se deve, no futebol ou na vida, confundir boa educação com falta de firmeza. Aliás, temos um excelente exemplo no programa concorrente da RTPN, onde todos os membros do painel defendem de forma consistente os interesses clubistas, sem com isso hipotecar a boa educação e até, por vezes, alguma boa disposição.
Não sei se o clube tem alguma influência nos seus representantes junto dos meios de comunicação social. Mas quer tenha, quer não tenha, penso que seria tempo de tomar uma atitude ou marcar uma posição face à presença deste comentador em sua representação.
Seara pode muito bem ser um cidadão de primeira, mas não passa, manifestamente, de um benfiquista de segunda.

33 comentários:

Anónimo disse...

de facto...

n diria "benfiquista de segunda", acaba por ser redutor essa classificação...com esse rótulo "..de segunda" gosto de ver aqueles que estão presentes nas vitórias e ausentes na derrotas..os tais das primeiras pedras quando algo corre mal.

O Sr.Seara apenas é um erro de casting (ou não...) face o perfil do programa e/ou dos parceiros comentadores, com a característica menos feliz de se achar um enorme entendido acerca do SLBenfica e do futebol nacional...não o é!

ainda por cima num programa (que já vi e deixei de ver...)cujo discurso passa sempre por estúpidas e inócuas picardias perfeitamente inutéis...os outros comentadores chamam-lhe um figo..

saudaçoes benfiquistas

M.

Vitor Esteves disse...

Caro LF,

A forma como se refere ao homem, "benfiquista de segunda", retira-lhe toda a razão que tem no post que escreveu.

Peter disse...

Caro LF concordo absolutamente consigo que o Fernando Seara representa muito mal o Benfica. Mas isso já não é de agora há mais de 1 década que assim é.Mas não lhe parece a si que a sua escolha por parte da RTP (Jogo Falado)primeiro e da Sic depois (O dia Seguinte) para integrar estes programas não tem deliberadamente essa intenção?Eu sinceramente acho que sim. E o prof. Fernando Seara nunca nega esses convites porque a sua exposição neste tipo de programas ajudou-o e ajuda muito a sua carreira política, só que com isso quem se lixa é o Benfica.Foram estes programas que o tornaram conhecido aos olhos do grande público, e não a sua carreira universitária nem política.Aliás o Santana Lopes a mesma coisa. Embora este já tivesse sido parte integrante de Governos de Cavaco Silva.Alguma vez o Santana Lopes teria ganho as cãmaras que ganhou senão tivesse esta exposição neste tipo de programas, assim como o prof. Fernando Seara em relação á cãmara de Sintra.Aliás coincidência ou não no antigo Jogo Falado e no actual Dia Seguinte os principais comentadores clubísticos eram todos do PSD,acho eu: Jogo Falado (Poncio Monteiro,Fernando Seara,Santana Lopes), Dia Seguinte, Guilherme Aguiar,Fernando Seara, Dias Ferreira que engoliu uma cassete coisa que a sua irmã é que devia ter engolido.Por isso é que eu gosto mais do da RTPN pq consegue ter mais ética nas suas escolhas para comentadores, e o nosso comentador não está ali numa de políticamente correcto só para angariar votos . E digo isto mas não tenho nada contra o PSD pq se fossem todos do PS,PP,PCP,BE, pensaria da mesma maneira.

Anónimo disse...

Deixei d assistir ao programa exactamente por o motivo que refere.
O Benfica não é representado como o deveria ser, é muito triste!
Não consigo suportar senhores, como o Dias Ferreira, mas gostaria de ver um "Dias Ferreira" benfiquista.

Acho bem ter falado neste assunto, pode ser que alguém faça alguma coisa no sentido de começarmos a ser representados, é que de momento nem bem nem mal, simplesmente não somos representados.

AP

Anónimo disse...

Quanto ao post do Peter... É de facto verdade... há muito que somos mal representados... Basta dizer que já tivemos a Cinha como comentadora, mas enfim... Não por ser uma mulher, que também o sou e já tivemos uma grande representante mulher, Leonor Pinhão.

AP

Fernando Ramos disse...

O sr. Ceara fazia um grande favor ao Benfica, era deixar de aparecer lá pela SIC, faz mais mal ao Benfica que bem, Quem gosta muito dele devem ser os azuis e os verdes, o homem dá dó, quando abre a boca, é uma desgraça, aquela mania da imparcialidade não é ser do Benfica, ser do glorioso é ter paixão e defender o clube contra tudo e todos, ele não dá sempre razão aos outros, mesmo que não a tenham, ele gosta de ser simpático.
Por favor façam qualquer coisa, tirem o homem dali, ela acaba por ser gozado e nós também com tal personagem

Peter disse...

O Anónimo lembrou-se da Leonor Pinhão,era uma boa sugestão para substituir o prof. Seara. A Leonor ponha-os todos em sentido,não é por acaso que em coversas com amigos lagartos e tripeiros todos dizem cobras e lagartos da Leonor Pinhão.E o que eu gosto mais no seu discurso é que além de incisivo não é ordinário,e detém uma classe bem acima da média.

Brytto disse...

Só ontem, para tentar tirar algumas duvidas do lance do Aimar aos 4 m de jogo, me dei ao trabalho de ver esse pseudoprograma de de futebol, há já algum tempo que o não fazia por não ter a minima paciência para ouvir dois interlocutores completamente fanatizados e um outro sem qualquer poder de argumentação para dizer o quer que seja.
Eu não, não gostaria de ter um Dias Ferreira a representar o meu clube, nem um Guilherme Aguiar, nem um Dr. Barroso, nem um Pôncio Monteiro, nem outros mais, que para além de serem autênticos lacaios dos seus clubes, têm um ódio visceral ao Benfica que, em minha opinião, só diminuem os clubes que representam e engrandecem ainda mais o Benfica.
Já tenho algum "receio" de pessoas civilizadas como um Rui Moreira e até um Miguel Guedes, que representam condignamente o seu clube e fogem ao esteriótipo do adepto típico desse clube, ou seja, não são fanáticos e até são capazes de discordar da santosacra direcção do seu clube, coisa rara nesse clube.
Resumindo, gosto que os fanáticos representem os outros dois clubes porque os fanáticos são quase sempre rídiculos, e a representar o Benfica gosto de pessoas civilizadas, ponderadas, inteligentes, com poder de argumentação, que quando achem que devam criticar o seu clube o façam sem qualquer pudor. É evidente que o Seara não preenche todos estes requesitos.

mário disse...

Também deixei de ver este programa por causa deste senhor.
A Leonor Pinhão seria excelente mas de certeza que iria dar bronca em todos os programas e isso a sic não quer.


Ontem por curiosidade vi o programa " A bola é redonda" do Porto Canal, meus amigos Benfiquistas aquilo e o programa mais anti-benfiquista da História. Tem dois comentadors do Benfica, dois dos Corruptos e tem mais dois que pertencem ao segundo clube mais representativo de portugal, o ANTI-BENFICA FC!!!!!!!! Agora mais a sério, aquelas lagartixas que lá andam conseguem ser piores que o Dias Ferreira e o Guilherme Aguiar juntos, são a coisa mais nojenta que já vi e ouvi, em cada comentário que fazem aproveitam para falar mal do Benfica, até a comentar o jogo do clube deles eles falam mal do Benfica.

Saudações Benfiquistas

Peter disse...

Ó Brytto desculpa lá mas o Miguel Guedes é completamente fanático,e o Rui Moreira tb, só que é muito mais polido e espertalhão,joga tb muitas vezes com o políticamente correcto mas não quer dizer que o que esteja á dizer seja a sua verdadeira opinião.Ó Mário é por causa dessas e de outras que eu acho que ao convidarem o Seara além do favor político que lhe estão a fazer estão implicitamente a denegrir o Benfica.Existe uma máxima que toda a gente sabe: a polémica vende e dá grandes audiências, queres apostar que com a Leonor Pinhão as audiências do "dia seguinte" subiriam em flecha. E não é isso que todas as televisões privadas querem?Então estão á espera do quê?Se não querem o aumento das audiências e manter o Fernando Seara é porque são anti-benfiquistas e mais nada.

mário disse...

Peter eu não tenho bem acerteza, mas acho que a Leonor Pinhão participou num programa do género à alguns anos e aquilo não deu muito certo. Mas sinceramente eu o que este programa quer é mesmo esta intenção de denegrir a imagem do Benfica.

Anónimo disse...

Partilho de tudo o que é dito no Post e mais não digo.Já é tempo de alguém defender o SL Benfica no programa dia seguinte.
Cumpts

Anónimo disse...

o seara anda a chular os portugueses todos, como bom benfiquista recebe pro presindente de camara e como comentador da sic noticias, é ele e o presidente da camara de santarem.

o lf segundo me disseram ataca na 24 de julho para poder pagar as cotas do slb.

p.s. o sporting ja esta apurado e vocês bando de rotos?

1904-Amaral disse...

sim senhor, este anónimo é corajoso...

o sporting ja se apurou?

parabéns!

nao sei se sabes mas é a primeira vez...

secalhar é melhor naao falares muito...

Carlos Saraiva disse...

Num programa medíocre, comentadores do mesmo calibre...

http://chutodeletra.blogspot.com/

LF disse...

Quando disse achar que Fernando Seara era um benfiquista de segunda, referi-o aceitando tratar-se de um cidadão de primeira.

É uma pessoa que respeito, e isso não está em causa.

Enquanto adepto de futebol e do Benfica, parece-me um daqueles que não se chateia muito, gosta moderadamente do clube, não sofre muito com ele.
É uma postura perfeitamente respeitável. Ninguém é obrigado a gostar tanto do Benfica como eu.
O que não me parece - é é esse o teor do post - é que seja a adequada para aquele lugar, onde os interesses do clube acabam por ser beliscados.

Quanto a Leonor Pinhão, também não creio que seja a figura ideal.
Primeiro, honestamente, não gosto muito da forma como ela escreve - procura constantemente uma ironia que acaba muitas vezes mal conseguida.

Depois, sofre do pecado original de ter sido uma feroz apoiante de Vale e Azevedo, algo de que nunca se conseguiu inteiramente recompor.

Por fim, como aqui já se disse, o fanatismo não é necessariamente o melhor meio para vincar posições.

Medeiros Ferreira, António-Pedro Vasconcelos, Manuel dos Santos e Pedro Fonseca são excelentes exemplos, para referir apenas aqueles que têm participado em programas similares.

jfk disse...

Concordo com o que tem sido escrito. Também deixei de ver o programa e prefiro, a léguas, o programa da RTPN que se pauta pelo civismo e não pelo fanatismo.

Seara é uma seca. Enfadonho.

Claro que são as polémica, as picardias, a rudeza e a má educação que fazem colar as pessoas ao ecran.

E aos posts.

Se não, repare-se: neste blogue, os posts sobre casos de arbitragem, crise ou psudo-crises dos clubes e banais declarações de jogadores são alvo de dezenas de comentários.

Já um post com um golo fabuloso e simbólico, o nº 5.000 do Benfica nos campenonatos nacionais tem ... 3 comentários. E quanto podia ser escrito sobre jogadores, jogadas, golos, técnica individual, etc.

Ou seja discute-se tudo o que é paralelo e está errado no futebol, tudo menos o futebol em si, o espectáculo.

Vá-se a um café ver um jogo e grande parte do pessoal está lá para mandar bocas e provocar os demais.

É o futebol e o país que temos. Depois vemos na televisão grandes ligas e invejamos. Mas não retiramos nada para quando abordamos o jogo (diga-se que este ano pasmei de ver uma casa cheia na Luz a não assobiar um Benfica que tardava em marcar contra o Penafiel, para mim é inédito).

Em Portugal não se discute Futebol porque na generalidade as pessoas não percebem nada de Futebol, não percebem nada do jogo. Gostam é de poder atacar os outros, agredir.

rui disse...

Não digo que a escolha do Seara tenha sido propositada - seria presumir que os Anti conseguem planear as coisas ao milímetro.

Mas é inegável que o Seara mal defende o clube, não só dos dois chacais que o ladeiam, mas sobretudo do canal que o acolhe.

Lembro-me perfeitamente do ano do título. A SIC repetia mil vezes um qualquer lance para "tirar dúvidas" (ou seja, insinuar a dúvida) de que uma dada falta que 20 toques depois resultava em golo do SLB era, afinal, mal assinalada.
No mesmo jogo, como é natural, havia entradas duras sobre jogadores SLB ou lances polémicos na área adversária, e a SIC, por regra, "não tinha imagens". Grande parte do mito de que o título de Trap foi "sujo", não tenho dúvidas, foi criado pela SIC, naquele programa, sob o olhar mais ou menos silencioso do Seara.

Para defesa do SLB, não queria um fanático a espumar pela boca (como esses dois chacais). Teria que ser alguém com acutilância, um orador mordaz, mas sem espasmos de violência verbal e febre malárica.
Somos 6 milhões, não será difícil encontrar alguém com o perfil adequado.

Não foi por acaso que o António Costa substitui o palerma do Jorge Coelho na Quadratura. O Pacheco Pereira, comprável ao Dias Ferreira, encontrou um adversário à altura, baixou a bolinha e nunca mais foi o mesmo. Agora anda tristonho.

Anónimo disse...

a opinião do caro jfk vai de encontro com aquilo que penso..ja tantas vezes debati esse assunto..

em primeiro lugar as pessoas em Portugal não gostam de desporto, gostam de futebol..e depois, as pessoas não gostam de futebol, gostam dos clubes...dos 3 grandes atenção!!

sobre a sra.Pinhão, penso que nunca poderá ser uma comentadora dentro daquilo que é benéfico para o Benfica pq é, nao querendo ser ofensivo, "doente" pelo clube...

futebol ainda n é uma guerra, e opiniões de "olho por olho, dente por dente", aplicada em termos de resposta aquando de ataques de fanaticos..nao leva a nada..

censuramos fanatismo de alguns contra nosso clube..e depois contra-argumentamos de modo igual? nao obrigado...

de manueis serrões e dias ferreiras nao reza a história...nadam em bilis..pode ser que se afoguem!!

saudaçoes benfiquistas

M.

LF disse...

JFK,

Como aqui já disse algumas vezes, os portugueses não gostam de futebol.
Gostam de arbitragens, de polémicas, e gostam sobretudo de dizer mal do adversário (se possível achincalhando-o) quando ganham, e dizer mal do seu clube quando perdem.

Se os meios de comunicação social passarem ao lado das polémicas, não vendem.
Infelizmente é assim.

Aqui, como não ganho um cêntimo com isto, posso optar por a linha que entender. Mas se, por absurdo, a minha família dependesse disto, lá teria de passar o tempo a falar de arbitragens...

LF disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LF disse...

Só depois li o comentário do M.
Acabei por dizer quase o mesmo.

jfk disse...

LF:

Espero que não tenha entendido mal a minha mensagem quando aludí ao seu blogue.

Não estava a criticar o que escreve, que regra geral me agrada, concordando mais ou menos.

Apenas utilizei como exemplo claro, no que ao feedback dos leitores diz respeito, relativamente ao que estava a comentar.

Um dos atractivos do seu blogue é a diversidade, heterogeneidade de temas abordados, regra geral com acutilância q.b. e sem pretender ser 'politicamente correcto' nas suas opiniões, que são isso mesmo.

E daí nasce o debate.

Peter disse...

Caro LF a Leonor Pinhão não era indefectível do Vale & Azevedo o que ela fazia era defender o Benfica dos ataques exteriores porque não gostava de ver o Benfica a ser achincalhado pelos nossos adversários por causa da gestão desse senhor.Aliás ela nesse período péssimo revelou grande coragem, porque já se sabe quando as coisas correm mal muita gente abandona o barco e não dá a cara.E outra coisa ela não é fanática até porque o que ela diz e escreve tem sustentação, a estética da sua escrita é outra conversa, obviamente os nossos adversários não gostam e apelidam-na de isso. O António-Pedro defende bem o Benfica,pior é quando dá as suas opiniões sobre treinadores e jogadores que nem sempre concordo, como por exemplo a defesa excessiva do F.Santos que eu tb concordo que foi mal despedido á 1ªjornada, pois para mim devia ter sido logo despedido no final da época anterior.Não o vi defender o Trap e o Koeman que sempre apresentaram melhores resultados que o engº.Gostei muito do Manuel dos Santos, até mais do que o António-Pedro, é directo, objectivo e concreto como se pede. O Medeiros Ferreira é da mesma linha que que o Fernando Seara, palavras lindas e caras mas no essencial não tem a objectividade que se pede.O Pedro Fonseca não conheço e espero que o LF me esclareça quem é esse senhor.

Pedro Magalhães disse...

Para mim, o Dia Seguinte é um programa onde só se fala de leis, e o painel de convidados presta-se apenas a isso, percebendo muito pouco do futebol das quatro linhas.

De entre os 3, Fernando Seara é o que melhor sabe desse futebol, e para mim é o melhor que lá esta. Quanto à sua isenção, parece-me que Seara defende bem o Benfica, mas cada um tem a sua opinião...

Cumprimentos, tem aqui um belíssimo blog ;)

LF disse...

Claro que não entendi mal JFK.
Apenas aproveitei a embalagem para falar sobre o tema.

LF disse...

Peter,

Não concordo com a apreciação do Medeiros Ferreira.
Acho que é acutilante qb, e bastante irónico por vezes.
Gosto bastante dos seus comentários.

Quanto ao António Pedro, apenas lamento algumas embirrações com treinadores (Scolari, Trappatoni), mas curiosamente em relação ao Fernando Santos estive em sintonia com ele.

Pedro Fonseca é um benfiquista do norte, membro do painel de "A Bola é Redonda" do Porto Canal - passa às segundas-feiras entre as 22.00 e as 23.30.
É também um dos editores do Blog Novo Benfica, cujo link consta da lista do VEDETA.

A Leonor é uma grande benfiquista, mas para aqueles que, como eu, arriscaram a pele em assembleias gerais cheias de capangas e arruaceiros, para contestar vigorosamente o destino que Vale e Azevedo se preparava para dar ao clube, é difícil esquecer a sua postura na altura.
Estava equivocada, como muitos outros, mas isso ainda marca um pouco a sua imagem, pois por teimosia ou outro motivo qualquer, nunca se libertou muito dessa fase.

LF disse...

Pedro Magalhães,

Se me perguntar com qual dos três membros eu gostaria mais de ir almoçar, respondo de caras que seria com o Fernando Seara.

Mas defender o Benfica, não creio que o faça da melhor forma.

Obrigado pelas palavras.

Anónimo disse...

O Dr. Fernando Seara é, precisamente, aquilo que vocês dizem do Rui Moreira do FCP, é um adepto pouco habitual do SLB.
O Homem não entra em estúdios de televisão, qual boi estocado (hum, hum, hum), para dar bronca e barraca com ares de "quem manda nesta merda é cá o je"! Aliás, já anda aí outra vez, "ninguém pára o SL Barracas" eh eh eh eh eh
Tenham vergonha lampiões e aprendam a ver futebol.

Nuno disse...

Caro LF,

Bom post, como sempre.

Concordo em absoluto com o que é dito. Seara destoa no programa, como diz. Falta-lhe agressividade, falta oratória e cala-se quando os "outros" começam a discutir.
(lembro-me também de o ver na bancada em Basileia, no jogo Portugal-Alemanha... nem uma camisolita da selecção o senhor se dignou a vestir. Perdeu logo um magote de pontos...)

Pessoalmente, apesar de não concordar em nada com as suas ideias (naturalmente), gosto do jeito de ser de Dias Ferreira. É acutilante e bruto que nem uma porta... mas nota-se que defende o clube com coração.

Guilherme Aguiar nem posso ver à frente e não concordo com a sua presença no programa. É manifestamente "pouco independente", bastando lembrar que foi o representante do FCP na última assembleia da LPFP, tendo sido um dos mentores da nega à alteração das leis de combate à corrupção (nomeadamente, ao combate ao tráfico de influências e ao aumento das penas).

Propunha, para o lugar de Fernando Seara, um dos consócios Gatos Fedorentos: o Ricardo Araújo Pereira, o Miguel Góis ou o Tiago Dores (estes dois em primeiro lugar... o Ricardo já tem bastante tempo de antena! :)

Com um destes, talvez voltasse a ver o programa. Tal como é, prefiro às segundas ver o Prós e Contras. Afinal, o mundo não é só bola.

Saudações benfiquistas,
Nuno

Anónimo disse...

os lagartos como nao se podem queixar dos árbitros agora deu-lhes para fazer queixas dos jornalistas. LOL
há anos que são levados ao colo pela televisão e pelos jornais.

Anónimo disse...

subscrevo o post

m&m

Pedro disse...

Mas... há benfiquistas de 1ª? E olhem que este até sabe ler :)