SOLTAS

O BENFICA tornou-se no maior clube do mundo em número de associados. Era algo que já se anunciava desde que a campanha de angariação de novos sócios teve início.
Não deixa contudo de ser notável que, num país da dimensão do nosso, exista uma instituição desportiva capaz de congregar tantos milhares de pessoas. Mais ainda se atentarmos ao facto de o clube estar longe daquilo que foram os seus melhores tempos, nos quais chegou a dominar a Europa.

CARLOS CARVALHAL saiu sem glória do Sporting de Braga depois de na temporada passada, aproximadamente na mesma altura, ter abandonado também o Belenenses. Trata-se de um treinador da nova vaga – a vaga dos pseudo seguidores de Mourinho – mas que ainda não demonstrou uma valia ao nível das oportunidades de trabalho que tem tido. O Braga é a equipa da Liga que mais golos sofreu relativamente à mesma jornada da época passada, enquanto que o Belenenses, pelo contrário, é a menos batida pelo mesmo critério. Caso para Carvalhal reflectir.

NÃO SE PERCEBE porque motivo não há Liga Portuguesa este fim-de-semana. Sendo o jogo com o Cazaquistão apenas na quarta-feira, e iniciando-se a concentração dos jogadores no domingo à noite, não me parece haver qualquer motivo para não se disputar a jornada da Liga, eventualmente entre sexta e sábado. Mais a mais atendendo a que, ao contrário do que sucedeu em quase toda a Europa com as respectivas taças, não houve por cá qualquer competição a meio da semana.

O MERCADO DE INVERNO e as especulações em seu redor, começam a fazer-se sentir nas principais equipas portuguesas. Enquanto no Benfica são dados como dispensáveis Marco Ferreira, Diego Souza, João Coimbra, Pedro Correia e eventualmente também Manú e Beto, no Sporting o grande problema pode vir a ser a saída de Marco Caneira para o Valência. Também em Alvalade Carlos Bueno e João Alves parecem ter os dias contados. No F.C.Porto por sua vez são os nomes de Sektioui, Ezequias e Alan que estão em cima da mesa.
Quanto a entradas, para já nada se sabe.

DEPOIS de duas temporadas em que os principais campeonatos europeus se viram desde muito cedo praticamente resolvidos, esta temporada está a apresentar um maior equilíbrio em Espanha (em parte fruto da lesão de Eto’o e da baixa de forma de Ronaldinho), em Inglaterra (graças ao excelente desempenho do Manchester e a uma inesperada dificuldade de integração de Schevchenko e Ballack no Chelsea) e em Itália (devido aos efeitos do calciocaos). Razões de sobra para os fins-de-semana televisivos da Sport Tv se tornarem mais atraentes. Hoje: Chelsea, depois Manchester e depois Milan. Amanhã: Inter, depois Real Madrid e depois Barça.

2 comentários:

Brytto disse...

Chega a parecer incrível como é que o vedeta da bola não dá o devido destaque a esta fantástica façanha do Glorioso, misturando-o com outros assuntos (menores). Eu que andei o dia inteiro a "exigir" que também me endereçassem os parabens por mais esta magnifica vitória, que não tenho dúvida, está já a causar um sentimento de pequenês e inveja nos outros (2) clubes rivais, diga-se, sentimento esse tão tipicamente português!...
Este artigo envergonhado do vedeta sobre este assunto, vou considerá-lo como a primeira grande mancha negra neste blogue (benfiquista?!!)

LF disse...

Quem frequenta o blog já saberá certamente que dou muito maior destaque aos jogos, aos jogadores, aos técnicos, às tácticas e aos golos, do que aos aspectos institucionais, por muito importantes que sejam.

Devo confessar que, por mim, enquanto benfiquista, trocava desde já esta "vitória", pelo apuramento para a fase seguinte da Liga dos Campeões. É a minha maneira de ver o fenómeno futebolístico, embora respeite todas as outras.
Até porque, no fundo no fundo, antes de ser benfiquista sou adepto do futebol. Dizendo de outra forma, gosto ainda mais de futebol do que do Benfica, talvez ao contrário da maioria dos portugueses que vive apenas o seu clube.

No entanto, é claro que é motivo de orgulho e admiração, além de ser muito importante - uma vantagem comparativa notável sobre os adversários - em termos financeiros.
Talvez venha a falar disso no futuro próximo.

Este blog não é propriamente benfiquista, mas sim de inspiração benfiquista, o que é ligeiramente diferente.
Faço frequentemente (se não faço mais é por limitações de tempo) críticas a outros jogos, nomeadamente do Sporting e do F.C.Porto, e elego muitas vezes figuras de outros clubes como VEDETAS dos jogos e das jornadas.

A classificação real também pretende ser objectiva

É claro que sou benfiquista ferrenho, sócio há 22 anos do Glorioso, detentor de lugar cativo no estádio e modestíssimo accionista da SAD. Poucos sentirão mais o clube do que eu (o que não é nada contraditório com o que disse atrás). Tu Brytto, companheiro de tantas lides, sabe-lo bem.
Isso naturalmente faz do blogue um espaço de análise privilegiada daquilo que se passa na Luz, dando naturalmente maior destaque às vitórias benfiquistas do que às dos outros clubes.
Mas não é exclusivamente benfiquista, bastando para isso lembrarmo-nos da cobertura que foi feita do Mundial da Alemanha, onde VEDETA DA BOLA foi sobretudo um blogue de Portugal (além de um grande destaque dado também ao Brasil, onde tenho leitores e amigos).

Por fim, tenho que lembrar que o destaque dado a uns ou outros temas também está muitas vezes dependente da minha disponibilidade de tempo.
Se esta fosse a minha profissão, poderia encontrar critérios editoriais mais coerentes.
Como não é, tenho por vezes de limitar alguns comentários que talvez justificassem mais linhas.