19/09/06

O HOMEM DO LEME

Luís Filipe Vieira anunciará na quinta-feira se é ou não candidato às eleições do Sport Lisboa e Benfica. O presidente do clube da Luz apresta-se para pôr termo ao tabu que mantém desde há meses, no programa “Grande Entrevista” da RTP onde será o convidado de Judite de Sousa.
Caso confirme a sua candidatura, Vieira dará uma excelente notícia aos benfiquistas, que forma esmagadora lhe oferecerão com toda a certeza o seu apoio e a sua confiança para mais um mandato, que se espera tão bom como o que agora termina.
Luís Filipe Vieira e a sua equipa, nomeadamente Mário Dias, Tinoco Faria, Fernando Tavares , Domingos Soares de Oliveira entre outros – aos quais será justo juntar Manuel Vilarinho-, foram responsáveis nos últimos anos por uma verdadeira revolução no clube da águia. Lançando mãos a um Benfica em profunda crise, sem identidade, desorganizado, amorfo, carregado de dívidas, sem património, sem equipa, sem credibilidade, com as modalidades a definharem, de costas para os sócios, sem futuro, este grupo de homens transformou a instituição centenária num clube inovador, profissional, credível, liquidou dívidas um pouco por todo o mundo, diversificou receitas de forma original e criativa, conseguiu duplicar o número de sócios transformando-o no maior do mundo neste particular, construiu um dos melhores e mais modernos estádios da Europa, edificou a seu lado dois funcionais pavilhões para a prática das várias modalidades e dotou-as de condições de competitividade ímpares, regressou ao ciclismo, construiu um centro de estágio, devolveu o clube aos sócios com um modelo de SAD em que são eles que mantêm o poder, conseguiu ser Campeão Nacional interrompendo onze anos de jejum, vencer a Taça de Portugal e a Supertaça, fez reviver as grandes jornadas europeias de décadas passadas, marcou posição junto das instâncias de poder do futebol português de onde o clube estava arredado, estabeleceu pontes com outros clubes do mapa futebolístico nacional, intensificou a luta contra a corrupção etc, etc.
Era de facto difícil fazer tanto em tão pouco tempo, e em nada surpreende que sejam justamente as entidades bancárias, parceiras de peso neste projecto, a exigir a continuidade de Vieira à frente do clube.
Para além de toda a sua comprovada capacidade de gestão, Luís Filipe Vieira é também um homem que, com a sua popularidade e simplicidade, encarna a mística e a alma do povo benfiquista como poucos - não me lembro de uma tão grande identificação entre sócios e direcção como a que agora existe. Apesar de todo o cansaço que certamente sente, da feroz oposição orquestrada por aqueles a quem dava mais jeito um Benfica decadente, Vieira não irá, espera-se, voltar as costas a um projecto que, tendo já ultrapassado diversas etapas outras tem ainda pela frente – os benfiquistas não esquecem a ideia de voltar a levantar a taça de campeões da Europa e oferecê-la a Eusébio em vida, sabendo que com a vontade de todos isso será uma possibilidade bem real.
Luís Filipe Vieira, pelo que fez, está já entre os presidentes mais marcantes da história do clube. Depois de resgatar o clube da lama, tem agora a possibilidade de prosseguir um trabalho que vai levar o Glorioso a ocupar o seu devido lugar. Entre os maiores da Europa !

11 Comments:

Anonymous Brytto said...

Concordo com grande parte do que escreveste, mas, e há sempre um mas, podia ainda ter feito ainda melhor (sim, era possível). Um exemplo: não se pode ser um arauto da transparência e ter um director responsável pelo futebol que tem o nome de José Veiga (dragão de ouro) cujo passado é pouco transparente, bem sei que foi, de certa forma, um dos principais responsáveis pelo triunfo do último campeonato, mas mesmo assim...Nestas coisas não se podem ter pés de barro ou telhados de vidro, é preciso ter-se legitimidade, e com este elemento dentro da sua equipa, manifestamente, perde essa legitimidade.
Dado o seu voluntarismo e simplicidade teve algumas atitudes que um presidente do maior clube do mundo (em sócios) não pode nem deve(ia) ter, como aquela situação vergonhosa com Pinto da Costa na Luz, bem como andar sempre por tudo e por nada a fazer intervenções televisivas onde nem sequer é convidado!
Mas, se se candidatar e precisar do meu voto, nem pensarei duas vezes, estou certo que a maioria pensa da mesma forma, assim, Força Luís Felipe Vieira!

20.9.06  
Blogger LF said...

Tens alguma razão no que dizes.

Quanto ao Veiga, embora não seja uma figura simpática, tem tido, ou teve, alguma utilidade no clube.
Tal como tu, também já pensei duas vezes sobre se ainda será tão imprescindível como era há dois anos, mas só quem conheça por dentro o clube poderá saber ao certo até onde vai a sua importância, nomeadamente junto dos jogadores de referência (não esqueçamos que era ele o empresário de Petit, Quim, Nuno Gomes, Simão, Ricardo Rocha etc).
A avaliar pela gestão do plantel que tem feito, não me parece que acrescente grande coisa ao clube neste momento. O Benfica já perdeu vários jogadores por causa dele (Tiago, Hugo Viana etc), e as saídas de Geovanni e Manuel Fernandes estão muito mal explicadas, sobretudo atendendo a que não entrou um cêntimo no clube.
Enfim...
Esta temporada poderá ser o tira-teimas. Se o Benfica nada ganhar, Veiga terá que ser responsabilizado. Por agora ainda lhe dou o benefício da dúvida (créditos do título conquistado...)

O facto de ter sido do Porto não me choca muito (embora preferisse ter um benfiquista no lugar, como é óbvio). Vejo-o como um profissional, e não esqueçamos que F.C.P. e Sporting têm técnicos benfiquistas (e dois dos jovens jogadores do Sporting até são filhos de ex-jogadores do Benfica, Veloso e Moutinho, enquanto Postiga e Vítor Baía eram benfiquistas em pequenos).
No futebol profissional temos de pôr de parte essas coisas.
Veiga ganha cerca de 15 mil euros por mês, e estou certo que quer que o Benfica seja campeão.

Tal como tu também acho que Vieira por vezes se excede na sua relação com os media.
Além desse caso com Pinto da Costa na Luz, também acho que não devia nunca ter falado em 300 mil sócios, número absolutamente megalómano mesmo para o Benfica (sobretudo em altura de grave crise económica). Fragilizou-se, transformando uma grande iniciativa num relativo fracasso em termos de imagem.
Também não gostei da sua ida ao "24 horas", onde ficou um pouco mal na fotografia.

Mas isto são pequenos detalhes perto daquilo que tem sido a sua grandiosa obra.
Uma vez que em princípio vai haver voto electrónico nas Casas do Benfica, e também pela Internet (outra das muitas inovações desta direcção), nenhum sócio tem motivos para deixar de votar em LFV mesmo que ele não precise de mais votos. É importante transmitir esse sinal de apoio, quer para dentro quer para fora.

20.9.06  
Blogger LF said...

Gsotaria de acrescentar que, com um primeiro mandato tão recheado de êxitos e realizações, fico curioso de saber o que mais poderá fazer Luís Filipe Vieira.

20.9.06  
Anonymous Xinfrim said...

Não há dúvida que Filipe Vieira é um dos melhores presidentes de sempre do Benfica.
Mas também me parece que errou num ou noutro aspecto (a perfeição não existe), como em dizer que era mais importante ter alguém na Liga do que contratar jogadores.

20.9.06  
Blogger LF said...

Xinfrim,

Essa frase é-lhe atribuida mas ele não disse isso.
Eu lembro-me perfeitamente dessas declarações.
O F.C.Porto havia contratado de forma bombástica Jankauskas quando o Benfica o estava a renegociar com a Real Sociedad (havia estado emprestado na época anterior).
Quando pediram a LFV para comentar essa contratação do Porto, ele respondeu qualquer coisa como:

" O Porto está é a desviar a atenção dos adeptos para o facto de ter sido derrotado na constituição dos órgãos da Liga"

A partir daqui é que foi criada essa mentira (repetida até à exaustão por Pinto da Costa), insinuando que LFV considerava mais importante meter pessoas na Liga do que contratar jogadores.

20.9.06  
Blogger the beast of Covilhã said...

Este homem merece uma estatua e tudo. Pelo que fez epelo que vai fazer pois estou certo que a sua recandidatura vai ser uma realidade

20.9.06  
Anonymous Otragal said...

Grande homem! Honesto! Tão enojado que ele tem andado com o futebol português. O SLB deve-lhe um campeonato. Fez mais ele com o telefone na mão, do que o Trap e os jogadores. Agora percebe-se, o Ricardo não foi o único a ajudar o Luizão a marcar o golito do campeonato. Enquanto ele lá estiver, tenho a certeza que o telefone não vai parar e o Benfica vai continuar a facturar. Ele a telefonar, sem se querer chatear porque tem as coisas controladas de outra maneira e o amigo a dar beijocas, são uma dupla imparável. Este ano já está a render.

20.9.06  
Blogger LF said...

Os presidentes do Belenenses, U.Leiria e da Liga, já confirmaram tratar-se de uma prática habitual a escolha dos árbitros para as eliminatórias da Taça de Portugal ser decidida por acordo entre os clubes.
Não percebo portanto todo o alarido em redor das escutas a Luís Filipe Vieira. Ele até diz, perante o silêncio de Valentim, que a maioria dos árbitros estão feitos com o F.C.P.
O caso de Veiga, também sem qualquer gravidade diga-se (o que estava em causa era a interdição do campo do Marco iniciar-se numa ou noutra jornada), aconteceu quando ele estava no Estoril.

Toda a gente sabe que há lobbys no futebol. Como os há em qualquer outra actividade.
Aceito perfeitamente que os dirigentes do Benfica façam por não se deixar enganar no mundo cão em que se tornou o futebol português.

Este mundo é o que é, e há que saber sobreviver nele.
As coisas não deveriam funcionar assim, mas funcionam. Funcionam há décadas, ou talvez até tenhma sempre funcionado.


Coisa diferente é corrupção. Compra de árbitros, classificações falseadas por observadores etc.
Disso ninguém no Benfica foi acusado nem constituido arguido.
Nem vai ser !

21.9.06  
Blogger LF said...

É claro que o Sporting está no seu papel de aproveitar a onda para conseguir benefícios, pois é desde há muito o clube que mais pressiona as arbitragens em Portugal.
Alguém os ouviu quando aconteceu aquele escândalo frente ao U.Leiria na época passada ?

Espero estar enganado, mas já estou a ver o que vão ser as próximas jornadas para acalmar os "coitadinhos".

Até já queriam repetir o jogo (!!!???!!!)
Como se fosse o primeiro erro grave que houvesse em Portugal, e como se tivessem sido todos contra eles.

Incrível.

21.9.06  
Anonymous Otragal said...

É pratica habitual para alguns, não existem escutas a implicar os dirigentes do Sporting. Ainda bem, ganhar assim não deve saber nada bem…A pressão do SCP não é nada que se pareça com o terror da jarra e com o linchamento do Olegário. O apoio do Belenenses, está a cheirar a esturro! O que significa a frase enigmática “estou a tratar disso de outra forma”? Trata-se de um resultado arranjado? Este, e outros assuntos mais graves, vão cair em saco roto, num país em que a corrupção desportiva não é crime. Para a grande maioria mais vale apostar no telefone do que na formação. Eu continuo achar que o Sporting é: o direito à diferença; portanto estou com a estratégia seguida, de honestidade a favor do futebol, Sporting sempre.

21.9.06  
Anonymous LF said...

O Sporting não aparece ...por enquanto.
Mas a prática da Taça não implica que existam escutas. O Belenenses também não tem escutas e confirmou essa prática, bem como o próprio Valentim, o F.C.Porto e o U.Leiria, entre outros.
Se calhar até existem escutas de todos, mas algumas não são publicadas, o que ainda é pior.

Escutas são escutas. Se fosse possível escutar o primeiro ministro ou o presidente da república, certamente também seria fácil encontrar matéria polémica.
O que as pessoas dizem à comunicação social não corresponde necessariamente à forma como falam nos bastidores, e quando a opinião pública é confrontada com conversas que supostamente seriam tidas em circuito fechado, fica naturalmente algo chocada com as diferenças. Todos nos lembramos das escutas a Ferro Rodrigues e António Costa no âmbito do processo Casa Pia.

Crime é outra coisa. Crime é subornar árbitros com prostitutas e prendas variadas, ou prometer-lhes (e cumprir) favorecimento nas carreiras. Isso sim é corrupção e vicia resultados.
O que veio a público apenas diz que Luis Filipe Vieira, contactado por Valentim na sequência de uma mal explicada alteração da nomeação dum árbitro, mostrou o seu desagrado pelos vários nomes que foram sendo sugeridos por, segundo ele, estarem conoctados com o F.C.Porto.
O resto é uma enorme vontade que os sportinguistas têm de ver o Benfica e o seu presidente na lama, e dos portistas de não se verem sozinhos neste processo.

Mas o que eu achei mais estranho nisto tudo foi o timing em que sairam estas escutas, justamente no dia em que o Benfica entregou um dossier sobre corrupção na PGR.
Alguém quis calar o presidente do Benfica, e socorreu-se dessas conversetas (que todos os dirigentes certamente têm) para isso.

A única frase problemática de toda a escuta a LFV é justamente essa "estou a tratar disto por outro lado". Nada mais é minimamente relevante.
Mas mesmo essa frase pode querer dizer muita coisa, não se podendo dela concluir nada de concreto.
E eu pergunto. Se Vieira estivesse a fazer realmente aquilo que vocês querem insinuar, iria dizê-lo em conversa com Valentim ? Tinha alguma lógica ?
Evidentemente que não !

Mas que diabo ! Agora parece que ninguém sabia que existiam lobbys para a nomeação deste ou daquele árbitro ?
Não haverá lobbys também para nomear este ou aquele Procurador Geral da República ? Quanto mais árbitros...
Com franqueza ! Sejamos sérios, mas não ingénuos.


Eu fico muito satisfeito de saber que os dirigentes do meu clube se movimentam com à vontade no mundo do futebol. E que não são comidos por parvos pelo poder dominante, diga-se o que se disser, nas mãos daqueles que têm ganho campeonatos nos últimos 30 anos.

Quando este caso surgiu, Benfica e Sporting perderam uma boa oportunidade para limpar de vez o futebol português.
Os presidentes ainda tentaram, mas a cegueira de uma massa associativa do Sporting, mais anti-benfiquista do que com uma cultura clubista própria, impediu essa plataforma de entendimento, levando em última análise a própria estrutura dirigente a demitir-se.
Foi nesse momento que percebi que o Sporting, seus sócios e adeptos, se estavam nas tintas para a regeneração do futebol português. O que queriam, o que querem, agora e sempre, é a destruição do Benfica. Somente isso.
Se mais provas fossem necessárias, bastaria o alarido que têm feito com estas escutas por antagonismo com o que (não) disseram quando as primeiras - essas sim gravíssimas e de conteúdo criminal - vieram a lume.
Não envolviam o Benfica...


Reafirmo que espero que nada relacionado com a corrupção na arbitragem caia em saco roto. Como adepto do futebol, mas acima de tudo como benfiquista.
O Benfica só tem a ganhar com a verdade desportiva. Só tem a ganhar se este processo for até ao fim e condenar aqueles que devem ser condenados. Se não for pela justiça do país, que seja pelo menos pela justiça desportiva, com destituições, suspensões e retirada de títulos.
Em doze anos o Benfica só venceu um campeonato.
Quantos terá perdido devido ao "sistema" ?

21.9.06  

Enviar um comentário

<< Home