12/09/06

GRELHA DE PARTIDA

Vai amanhã começar mais uma edição da Champions League. Este ano com o aliciante de, pela primeira vez na história, juntar os três grandes do nosso país.
Trata-se da maior e mais importante prova de clubes do continente europeu. Se atentarmos à qualidade das equipas, ao nível dos jogadores, ao grau de organização que a envolve, e sobretudo aos milhões que movimenta e gera, poder-se-á mesmo afirmar com segurança que estamos perante a máxima competição de clubes do mundo.
Com efeito, será necessário um exercício de alguma perspicácia para descobrir, de entre as maiores estrelas do futebol actual, aquelas que não disputem este torneio (Ribery ou Fernando Torres, e mesmo esses, mais tarde ou mais cedo, lá estarão). Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Messi, Henry, Lampard, Eto’o, Ballack, Van Nistelrooy, Rooney, Cannavaro, Pirlo, Figo, Cristiano Ronaldo, Deco, Schevchenko etc, têm, todos eles, a sua presença marcada.
Para além do futebol em si, a Liga dos Campeões tem toda uma imponente estética associada a si, que faz dos seus jogos espectáculos extraordinários, quer nas sumptuosas transmissões televisivas, quer sobretudo ao vivo, onde se percebe como a Uefa nada deixa ao acaso. O hino é lindo, os relvados especialmente cuidados, a publicidade bem alinhada, os estádios decorados, a segurança apertada.
A Liga dos Campeões, antiga Taça dos Campeões Europeus, é também, pela seu historial, uma competição mítica. Muitos benfiquistas nasceram e cresceram com a imagem de José Águas a levantar o troféu, e mais tarde também os portistas vibraram com o calcanhar de Madjer em Viena ou a epopeia de Deco, Maniche e companhia. Nessa época , com José Mourinho à frente da equipa, e dispondo de sorteios bastante amistosos – Lyon, Corunha e Mónaco a partir dos quartos-de-final – o F.C.Porto surpreendeu a Europa, quando se pensava que nestes novos tempos (pós Bosman) seria impossível uma equipa portuguesa conseguir voltar a fazê-lo.
Na última temporada, depois de alguns anos de ausência, também o Benfica-europeu voltou em força chegando aos quartos-de-final, altura em que, depois de derrubados Manchester United e Liverpool, um sorteio cruel colocou diante de si o todo poderoso Barcelona, futuro campeão. Ainda assim discutiu a eliminatória palmo a palmo até aos 88 minutos do segundo jogo, quando Eto’o tranquilizou Nou Camp e impediu o Benfica de sonhar com a sua oitava final.
Para a caminhada que agora se inicia, o contingente luso parte com expectativas diversas. Se o Sporting – tendo pela frente Bayern e Inter – já se dará provavelmente por satisfeito com o terceiro lugar e a repescagem para a Taça Uefa, F.C.Porto e Benfica têm obrigação de lutar pelo apuramento nos grupos em que estão inseridos.
Depois de uma precoce eliminação na primeira fase na época transacta, o F.C.Porto apostará muito em recuperar a imagem internacional que o título de 2004 acarretou. Ser campeão parece de todo impossível, mas uma presença entre os oito melhores já constituirá motivo de alegria para os dragões.
O Benfica procurará repetir a campanha passada, mas há que convir que não será fácil, sobretudo tendo em conta o pobre início de época dos encarnados. A fasquia deve ser colocada nos oitavos-de-final, dependendo depois do adversário que o sorteio trouxer, a possibilidade de ir mais longe. Os encarnados englobam precisamente um dos dois grupos onde será mais difícil fazer previsões, pois têm no Celtic um adversário de qualidade bastante semelhante.
Quanto a favoritismos, com toda a subjectividade que isso acarreta, teremos então nesta fase as seguintes equipas na primeira linha:
Grupo A - Barcelona e Chelsea
Grupo B - Inter e Bayern
Grupo C – Liverpool e PSV
Grupo D – Valência e Roma
Grupo E – R.Madrid e Lyon
Grupo F - Manchester e (Celtic ou Benfica)
Grupo G – Arsenal e F.C.Porto
Grupo H – Milan e (Lille, AEK ou Anderlecht)
Quanto ao triunfo final poder-se-á apontar Barcelona, Chelsea e Inter, como os mais habilitados a levantar o troféu na final de Atenas em Maio de 2007.
Veremos então o que os clubes portugueses conseguirão fazer, deixando VEDETA DA BOLA desde já um voto de boa sorte para todos eles.