02/08/06

TRANQUILIDADE PRECISA-SE

O Benfica de Fernando Santos voltou a perder. É a terceira derrota consecutiva nesta pré-temporada, marcada por mais uma exibição pálida e pouco afirmativa.
Tentando ser frio e objectivo, não me parece haver ainda motivos para acrescentar muito ao que disse no texto intitulado "Sem Dramas". O tempo vai passando, é certo, mas é perfeitamente natural que a equipa, com todas as indefinições de plantel que tem tido (às quais Santos, diga-se, é completamente alheio), com alguns importantes jogadores quase sem férias, com alterações de técnico, de modelo de jogo e de sistema táctico, não exiba ainda uma consistência que, com paciência e tranquilidade em seu redor, acredito possa vir a alcançar dentro de algumas semanas.
Fernando Santos diz agora que vai alterar o sistema de jogo. Compreende-se que às portas de uma eliminatória que pode marcar toda a temporada, e perante as dificuldades que o plantel tem revelado em assimilar a nova face táctica, o técnico queira diminuir os riscos, e jogar da forma que, para já, lhe oferece mais garantias de triunfo.
Todavia não me parece que o 4-4-2 deva deixar de ser trabalhado, pois numa perspectiva de médio prazo julgo ser aquele que melhor se enquadra neste plantel (partindo do princípio que Simão sai mesmo), conforme já expliquei em comentário ao post anterior.
O factor físico também não me preocupa. O Benfica tem grandes jogadores e um técnico experiente, a época é muito longa, e por vezes os fracos índices físicos no início acabam por, em crescendo, se transformar em títulos no final - não sou formado em educação física, mas a experiência diz-me que uma coisa tem muitas vezes que ver com a outra.
Seja qual for o sistema, o que julgo ser mais importante é os sócios do clube não se deixarem embarcar pela onda de instabilidade que a comunicação social está a começar a criar.
Há que dar tempo a esta equipa, e até agora não se perdeu absolutamente nada.

20 Comments:

Anonymous Brytto said...

Pela primeira dei-me ao luxo de ver um jogo completo de "fio a pavio" do nosso glorioso, e devo dizer que já estava à espera deste tipo de exibição. Deu para ver aquilo que eu já suspeitava: os jogadores com este sistema andam completamente perdidos em campo, a derrota só não foi maior porque os gregos são uma equiipa pouco mais que mediana, senão,...
Salvou-se o Manú e também o equipamento, que este ano é de facto muito bonito (parabens à Adidas). De resto, é uma autenticamiséria franciscana, o Katsouranis foi um autentico buraco...
Mas, afinal, temos homem, o F.Santos, parece não ser daqueles teimosos, onde mais vale morrer com as suas idéias do que simplesmente mudar, assim parece que o homem, afinal, reconhece o que todos já viram (excepto o nosso vedeta): com este sistema, nem liga dos campeões, nem coisa nenhuma...

2.8.06  
Anonymous Britto said...

Esqueci-me de abordar o factor fisico, questão que parece não incomodar a nosso vedeta (aliás, quando se trata do Benfica, para ele tudo vai sempre bem, criticar é proibido...). Devo lembrar que a preparação fisica do plantel está entregue ao filho do Rodolfo Mouro que tem pouco mais de 30 anos e reduzida experiência, não quero dizer com isto que não possa vir a fazer um bom trabalho, mas lá que é motivo de apreensão, lá isso é!...

2.8.06  
Blogger Futebol Formacao said...

Boas...
Bem, algo nao vai bem no SLB, falta atitude, empenho e espirito de equipa. Penso que o Fernando Santos faz bem em mudar sistema, penso que tardiamente visto o SLB jogar para a semana...!
Quanto a condição fisica, nao conheço o preparador fisico do SLB, mas temos o Exemplo do Joao Aroso, pessoa que conheço pessoalmente a mts anos, que me supreendeu quando foi para o Sporting, mas que esta a realizar um grd trabalho e tb so possui trinta e poucos anos!! Idade nao é sinonimo de qualidade.

2.8.06  
Anonymous catn said...

LF, o jogo da 2º parte foi melhor porque o AEK estava a jogar com os suplentes, o Benfica mudou a táctica para um 4-2-3-1 e aumentou um pouco a velocidade e teve mais tempo de bola, mas sem grandes oportunidades de golo

Quero referir-me á sua ideia, de que a comunicação social, está ser muito dura para com o Benfica, na minha opinião está a ser realista e a expressar a opinião da maioria dos adeptos do Benfica, a equipa está muito mal disso não há duvida, um exemplo disso foi a reunião do Sr. Veiga com os jogadores

Diz o LF, que ainda não perdemos nada, não estou de acordo, perdemos prestigio internacional, perdemos prestigio nacional, perdemos autoconfiança, perdemos acima de tudo o respeito, que as outras equipas vão ter pelo clube
acho que já perdemos muito e não ganhamos nada

2.8.06  
Anonymous Brytto said...

Inteiramente de acordo. O nossovedeta tem uma visão estritamente contabilistica (resultadista) do futebol.
Como estes jogos da pré-temporada são amigáveis, podiamos perder por 7 ou 8 que o vedeta continuava a afirmar “que e até agora não se perdeu absolutamente nada”!

2.8.06  
Anonymous LF said...

O típico adepto português nunca dá tempo às suas equipas.
Eu dou !

É claro que o Benfica passa por uma revolução técnico-táctica, com novos métodos, novo treinador, e um sistema que demora a ser trabalhado. O losango de meio campo exige muito trabalho ao nível das compensações, e não é em quinze dias de treinos, e três ou quatro jogos, que se torna fluente.

Recordo que Mourinho teve meia época para formatar o seu Porto, altura em que chegou a perder com o Beira Mar em casa e a levar 3-0 no Restelo - só se apurando para a taça uefa (que depois ganhou) porque Simão se lesionou e o Benfica a partir de então descarrilou perdendo muitos pontos.
No início da época seguinte estava em grande, e ganhou tudo.
Também Paulo Bento demorou meses até alinhavar o Sporting no seu actual modelo, perdendo inúmeros pontos até aí (a um dos jogos que perdeu, assisti eu em Alvalade, perante o E.Amadora, e as críticas e a descrença eram totais nas bancadas). Só a partir do jogo na Luz o Sporting estabilizou.
Em ambos os casos vinham de chicotadas psicológicas, e em temporadas em que os seus adeptos já pouco esperavam, pelo que tiveram a tranquilidade suficiente para trabalhar com tempo e sem pressão.
Além disso, a pressão no Benfica é sempre muito maior, devido ao maior número de adeptos, e consequentemente à maior aproximação da imprensa.

Se alguns jogadores demoram mais a adaptar-se ao novo sistema, e há um jogo importante dentro de dias, reconheço que talvez possa ser mais seguro apostar no sistema antigo por agora, tendo em conta que esta pré-eliminatória condiciona toda a época.
Mas a médio prazo, não retiro uma vírgula aquilo que disse, salvo se Simão acabar por ficar.
Não creio que Paulo Jorge, Manu (apesar de estes dois terem sido os menos maus no jogo de ontem), Marco Ferreira e Manduca possam assegurar as alas dum clube com aspirações a chegar longe na Liga dos Campeões. Não está em causa o valor dos jogadores, mas sim a inexperiência.
Lamento, mas é a minha opinião.

Quanto à acusação de estar sempre de acordo com o que se passa no Benfica, basta pesquisar no arquivo deste blogue os posts do tempo de Ronald Koeman, para se perceber que não tem qualquer fundamento.
Não entro é em derrotismos antes ainda da temporada se iniciar (o que, em todo o mundo, só no Benfica é que deve acontecer).
Estou preocupado, mas confiante. Acredito no plantel e no técnico, e conforme já disse, até Outubro, aconteça o que acontecer, não mudarei de posição.

Sempre defendi Tarpattoni, até ao limite, desde o início, e perante um chorrilho de acusações do mesmo tipo, e o resultado foi o título e a final da taça. Chegou-me a parecer ser o único em todo o estádio da Luz a acreditar no título, e o Bryyto sabe disso, pois acabou por se "vergar" a "ter de" comemorar o título comigo em pleno estádio do Bessa, faz ainda pouco mais de um ano.
Nunca gostei de Koeman, e foi aquilo que se viu.
Com Scolari, também nunca me deixei enganar, apesar de todos os maus resultados na preparação para o Euro 2004, e de todas as acusações de resultadista e afins durante o último mundial.
Se continuar a acertar desta forma (reconheço que também é uma questão de sorte), o Benfica de Fernando Santos será campeão...

Também gostei do equipamento, mas duvido que alguma vez o Benfica vista tão bem como no ano em que foi campeão. Lembram-se do equipamento "centenário" ?

Quanto à preparação física, o meu caro "Futebol formação" estará certamente mais habilitado a falar do que eu.
Independentemente dos nomes e das idades, suponho que uma equipa que leve uma carga de treino muito intenso na pré-época, anda umas semanas de rastos, mas depois, resiste melhor ao desgaste de todo o ano.
Não tenho conhecimentos científicos que demonstrem isto (o "Futebol formação tê-los-á ), mas tenho a memória de muitas equipas que começaram muito mal fisicamente as suas épocas, e no final apresentavam uma frescura invejável. Houve até casos em que treinadores foram despedidos, e depois foram outros a beneficiar dessa preparação. Lembram-se de Materazzi (despedido) e Inácio (campeão) no Sporting de 1999-2000 ?

Termino com a questão levantada pelo Catn de termos ou não perdido alguma coisa.
Para mim, jogos particulares são apenas...jogos particulares.
Sinceramente não me perturba nada perder 3, 4, ou 5 com o Sporting ou seja com quem for (com franqueza também não diferencio muito os adversários...), desde que não esteja em causa nenhuma competição oficial.
O que marca a época são os títulos e as clasificações.
Destes jogos nunca mais ninguém se vai lembrar, nem sequer haverá provavelmente registo dos mesmos.
A questão da auto-confiança já não é tão linear, mas para isso acredito no trabalho dos técnicos e dirigentes.
Mas o que me parece óbvio é que a comunicação social, face à escassez de notícias (sobretudo agora que a novela Simão está em stand-by), se está a aproveitar destas derrotas para criar uma nuvem de crise como se a Liga já tivesse começado e o Benfica estivesse em último lugar.
Se for eliminado pelo Austria, aí sim, se poderá falar de um problema.
Por agora não há que stressar.

2.8.06  
Anonymous catn said...

Caro LF, " se for eliminado pelo Austria, aí sim, se poderá falar de um problema "

Na minha maneira de ver, temos de precaver esse problema " depois da casa roubada trancas na porta " então não será melhor " quem te avisa teu amigo é "

LF, os grandes clubes, são grandes porque entram em campo sempre para ganhar, seja com o Real Madrid, ou com o Casqualheira F.C. e devem respeitar todos os adversários

Nós adeptos e sócios do Benfica, temos a obrigação de vaiar os jogadores, quando não jogam bem, assim como os devemos aplaudir quando fazem boas jogadas, todos temos de assumir, que os clubes são assim e é assim que se fazem os grandes clubes

Os dirigentes, as equipas técnicas e os jogadores devem estar preparados para essas reações dos adeptos e sócios eles são profissionais, ganham dinheiro, reputação e respeito e devem dar sempre o seu melhor em campo, quando não o fazem têm de ouvir criticas e têm de recebe-las de bom agrado e ve-las como um insentivo e uma nova motivação, porque o seu trabalho não está a agradar a quem lhes paga os seus elevados salários

3.8.06  
Anonymous Brytto said...

Ora essa vedeta, quanto à época em que fomos campeões com Trap, pensava eu que esse assunto já estava arrumado, mas parece que não. Qualquer adepto mais lúcido sabe em que circunstãncias fomos campeões - com o menor n.º de pontos de sempre e com exibições paupérrimas, o Porto ainda chegou à última jornada com possibilidades de ser campeão depois de ter tido nada menos do que 3 treinadores e perder vinte e tal pontos em casa, enfim, não vou reatar esse assunto, mas só prova a tua inclinação resultadista para analisar o futebol: se ganharam foi pq jogaram bem, bah! Ganharam, pq foram os menos maus, dentro de um campeonato no seu todo, emotivo e competitivo, mas medíocre.

Então o Benfica em 7 perde 4 jogos na pré-temporada (coisa de que não me lembro), onde nenhum dos quais foi contra um clube da primeira divisão europeia e querias que a comunicação social não desse relevância a isso? Obviamente isso tem que ser capa dos jornais e não só desportivos... eu quase diria que é um assunto quase tão importante como a guerra do Libano. Tu e a mania das perseguições!...

Em relação à preparação fisica deixa-me tentar adivinhar a tua lógica. Achas que ao se começar o inicio dos trabalhos um pouco mais cedo, é para quê? Não será devido à pré-eliminatória da LC, onde o objectivo é atingir uma preparação e um ritmo de jogo mais adiantado para fazer face a esse jogo tão importante?!!! A questão é muito simples: a equipa, actualmente, apresenta ou não os indices fisicos desejados/pretendidos para enfrentar a eliminatória que se avizinha? A mim parece-me que não, o que não significa que não se consiga ultrapassar os austriacos dada a sua vulgaridade, vamos ver... Tanto assim é, que o FSantos já reconheceu que há jogadores em muito má forma fisica, parece-me fácil todos concordarmos com ele. Mas, já sei, se ultrapassarmos os austriacos, logo irás concluir que a preparação era a mais adequada...és assim, não há nada a fazer!

Quanto ao tempo que os treinadores precisam para prepararem as suas equipas, nada mais obvio, quanto mais tempo melhor, mas no Benfica, tempo, é coisa que não há. Um treinador do Benfica não se pode dar ao luxo de "queimar" uma época para colocar a equipa a jogar como ele a idealizou. Se o sistema não está a resultar, que se mude,é para isso que sertvem as pré-épocas, o que afinal parece que vai acontecer.
Mas, atenção, estou de acordo que não se condene já o treinador, é ainda muito cedo. Apesar de não ter ficado nada entusiasmado com a sua contratação, parece-me um homem sério e até competente, mas falta-lhe alma, garra, vitalidade, acho-o um homem triste, que parece ter pena de ter nascido... Vamos aguardar...

Até breve, vou de mini-férias (Vê lá se ligas o telemóvel)

3.8.06  
Anonymous LF said...

Catn,

Só admito assobiar jogadores do meu clube, se achar que não se estão a esforçar o suficiente.
Faz-me alguma confusão ouvir assobios como os que ouvia no ano passado ao Beto, que era dos que corria mais, só porque não tinha a habilidade de outros.
Já entendo perfeitamente que se assobiasse Laurent Robert, mas ainda assim só no final dos jogos.

Acho que só no fim é que se fazem as contas, quer dos jogos quer dos títulos.
Assobiar uma equipa aos 15 minutos de jogo, como por vezes acontece na Luz, é absolutamente inaceitável.
Como é possível as pessoas não perceberem que estão a prejudicar a sua própria equipa ?

Assim como nos jogos, nas épocas deveremos também dar tempo à equipa, sobretudo quando é nova, tem um novo treinador, novos jogadores e um novo sistema.
Veja-se os problemas que o treinador do Porto no ano passado enfrentou (enquanto a equipa não se adaptou às suas ideias), acabando por ganhar o campeonato e a taça.
Não são 3 ou 4 jogos-treino que me vão fazer tirar conclusões definitivas sobre a equipa, e estou preparado para aceitar um princípio de época irregular, se isso for necessário para construir uma equipa ganhadora e fazer uma grande ponta final.

O passado recente do Benfica está carregado de situações em que os sócios, por falta de paciência, acabaram por comprometer épocas inteiras e fazer perder títulos, ao não darem nenhuma tranquilidade à equipa.
Parece que já ninguem se lembra que estivemos dez anos sem ganhar nada.

3.8.06  
Anonymous LF said...

Bryyto,

A "questão Trapattoni" foi levantada apenas como exemplo.
Já discutimos isso amplamente, durante mais de um ano.
Os pontos perdidos nesse campeonato, estão todos reflectidos na classificação, e foram ganhos por outras equipas, que fizeram épocas inesquecíveis, como Rio Ave, Académica, Penafiel, Braga ou V.Setúbal.

O Sporting desse ano foi finalista europeu pela segunda vez na sua história (com um plantel muito superior ao actual, onde pontificavam Enakahrire, Rochenback, Pedro Barbosa, Hugo Viana, e quase todos os que lá estão agora), e o F.C.Porto foi campeão do mundo, com um plantel que, mau grado a instabilidade de treinadores, era também muito mais rico que o actual (Costinha, Maniche, Jorge Costa, Nuno Valente, Postiga, Diego, Fabiano,McCarthy, Pepe, Seitaridis, Quaresma, P.Emanuel, V.Baía etc, para além de quase todos os que lá estão à excepção de Lucho) !

Acho que foi o melhor campeonato dos últimos trinta anos (desde que vejo futebol).

Esse Benfica não era brilhante, mas era ultra-combativo.
Os jogadores deixavam a pele em campo e funcionavam como irmãos.
Foi das equipas mais unidas que me lembro de o Benfica ter.

Em termos tácticos, sabendo que tinha uma boa defesa (5 internacionais A incluindo o guarda-redes: Quim, Miguel, Luisão, R.Rocha e Fyssas), bons médios defensivos, também internacionais A (Petit e Manuel Fernandes) e jogadores rápidos a sair em contra ataque (casos de Geovanni, Nuno Gomes, Nuno Assis e, sobretudo, Simão), Trapattoni optou por um modelo de jogo que dava preferencialmente a posse de bola ao adversário, de modo a este poder abrir espaços atrás e assim o Benfica aproveitar contra-ataques, forma em que, a par do exímio aproveitamento das bolas paradas, a equipa da luz marcou a maioria dos seus golos.

Os espectáculos em termos plásticos não eram famosos (ainda assim raramente na minha vida vibrei tanto com os jogos do Benfica), mas foi a melhor forma de conquistar um título, inteiramente merecido.
O teu conceito de exibições paupérrimas é o mesmo do Miguel Sousa Tavares. Um conceito de exibicionismo que não tem em conta a competitividade e o extremo profissionalismo do futebol actual.
Para mim jogar bem não é necessariamente ganhar (há o factor sorte). É sim, fazer tudo o que se pode para ganhar, dentro das regras, claro.
Futebol só para a bancada aplaudir, a mim não me comove.
Aprecio a espectacularidade quando vejo jogos de ligas estrangeiras. Em Portugal quero ganhar, e escolher o melhor caminho para o fazer.

A essa equipa (começada a contruir por Camacho), para ser uma grande equipa, faltava banco, e faltava sobretudo um ponta de lança concretizador.
Esse Benfica com Liedson, ficaria com quinze pontos de avanço da concorrência.

De resto também se pode dizer que o Porto foi penta-campeão porque o Benfica dessas épocas (esse sim) lhe deixou o caminho aberto.
E no ano passado, estou convencido que com o plantel que existia na Luz (bem melhor que o de Tarpattoni), também foi mais o Benfica a perder do que o Porto a ganhar.
Uma equipa é ela e as suas circunstâncias.

3.8.06  
Anonymous LF said...

Em relação à preparação física, apenas deixei o benefício da dúvida relativamente ao estado actual da equipa, lembrando casos em que, um início de época mau a esse nível, deu origem a um final muito bom.
Lembro-me por exemplo as equipas de Mortimore, que começavam sempre de rastos, perdiam pontos nas primeiras cinco jornadas, e depois eram campeãs com vários pontos de avanço (aconteceu pelo menos duas vezes).
Por vezes um bom plano, pode-se revelar menos bom dada a reacção física dos atletas.

Mas é uma área onde não me sinto muito à vontade para falar, ainda mais sabendo que há leitores e participantes neste blogue licenciados e estudantes de educação física.


Obviamente não aceito "queimar uma época".
Falava apenas num período de algumas semanas. Recordo que a Liga para o Benfica poderá começar só dia 10 de Setembro.

3.8.06  
Anonymous catn said...

LF, essa ideia de serem os sócios e adeptos a destruir as épocas do Benfica, não posso estar minimamente de acordo, o LF, sabe perfeitamente, que não foram os adeptos, sócios, ou a comunicação social a destruir as épocas do benfica, sabe muito bem o que se passou a nivel directivo, com o presidente Vale e Azevedo, sabe muito bem que o Benfica não tinha dinheiro para nada e as dividas eram enormes, pondo em risco a existência do proprio clube, mesmo durante o mandato do Presidente Vilarinho, sabe que só se podiam fazer aquisições de 2º plano, logo não se podia lutar para se ser campeão

O LF, sabe que o clube só sobreviveu, na ilusão que podiamos ser vencedores, mas na realidade sabiamos que não tinhamos equipa, que não tinhamos dirigentes á altura do clube

Portanto não diga que os responsáveis são os adeptos e sócios do Benfica, o LF sabe que os sócios e adeptos nunca abandonaram o clube, o LF sabe que o Benfica é grande devido á exigência dos seus adeptos e só assim os clubes são grandes, o LF sabe que os adeptos do Benfica são do povo, deve imaginar os sacrificio que fazem para poderem ser sócios e poderem pagar os carissimos bilhetes para ver os jogos e alguns que vivem em outras localidades e têm de pagar as viagens, para se acompanhar os jogos do Benfica ao vivo é necessário fazer grandes sacrificios

O Benfica e os sócios mais abastados devem pensar nos outros, os adeptos não podem ser responsabilizados,pelos maus resultados da equipa

Não posso concordar com a sua ideia, a exigência, cria competência e a competência cria vitórias e titulos e as vitórias e titulos criam sócios e adeptos, que são o sangue dos grandes clubes como o nosso

É a minha opinião :)

3.8.06  
Anonymous LF said...

Sei perfeitamente o que são sacrifícios pelo clube.

Quer monetários - no ano do título estive em 25 jogos do Benfica, e para ir a alguns deles tive de prescindir de muitas outras coisas. Lembro-me por exemplo de me meter no carro e ir para o Algarve, sozinho, ver o célebre Estoril-Benfica com um bilhete a 35 euros, que foi o único que consegui arranjar, fui ao Bessa com os bilhetes mais baratos a 40 euros (que para arranjar tive de ir para o estádio às 5 da manhã, poucas horas depois de no mesmo local ganharmos ao Sporting por 1-0 ), a Setúbal, a Alvalade etc, sacrificando muitas coisas que não pude fazer por não dispor de dinheiro para elas.

Quer de outra natureza - como deixar a família ao fim de semana, quando era na altura o único espaço de tempo que tinha para ela, para ir ver o Benfica em casa (muitas vezes depois de passar o dia no pavilhão a ver outras modalidades) e fora, e, pior que isso, levantar-me da cama, com 38 de febre, encher o bolso de ben-u-rons e ir para a Luz, com as calças de pijama debaixo dos jeans, para o Benfica-Sporting da taça (3-3).

Portanto a mim ninguém me ensina o que é fazer sacrifícios pelo clube.


Quem elegeu Vale e Azevedo ?
e porquê ?
Não terá sido fruto da impaciência, numa altura em que era claro que não havia condições financeiras para uma grande equipa, e ninguém queria ou sabia esperar ?

Acho que por vezes o Benfica é vítima da sua própria grandeza, e de uma massa associativa que ainda não se adaptou totalmente aos novos tempos, em que o Eusébio já não existe, e em que há clubes, nomeadamente o F.C.Porto, com um poderio financeiro, logístico e organizativo superior ao nosso.
Há ainda um desequilíbrio entre o historial e o poder actual do clube, que para recuperar o seu trono tem de, em primeiro lugar reconhecer essa nova realidade, e trabalhar a partir de aí, não dando passos maiores que a perna.
Há que ter uma postura de maior humildade clubista.

Os sócios do Benfica têm de estar preparados para poder perder um jogo em casa com equipas "menores", sem que isso seja a tragédia que seria noutros tempos, e no jogo seguinte estarem lá novamente para apoiar, pois os campeonatos só se ganham ao fim das agora 30 jornadas.

Têm de deixar de lado aquela ideia peregrina de que o Benfica tem de esmagar todos os adversários. Hoje ganhar por 1-0 é óptimo, mesmo que o jogo não seja bonito e se esteja perante o Naval ou o P.Ferreira.
No tempo de Trapattoni, lembro-me de a equipa estar a ganhar tangencialmente, a precisar de tranquilidade e apoio, numa altura em que o peso do jejum fazia tremer as pernas dos jogadores, e das bancadas só se ouviam assobios, que só faziam crescer ainda mais a intranquilidade.
É claro que nos últimos jogos isso não sucedeu, mas durante grande parte da época foi assim.
É contra isto que me revolto.

Gostava que um dia fosse possível ter na Luz o ambiente que se viu em Anfield Road, quando o Benfica lá foi, em que os adeptos do Liverpool, mesmo a perder e a serem eliminados da prova cujo título detinham, já no tempo de descontos ainda cantavam e gritavam freneticamente em apoio à equipa.
Isso sim, isso é que é ajudar.
Isso é que seria o Inferno da Luz.


Mas, reconheço que depois do título de 2004-2005, a situação melhorou um pouco.
Particularmente na Champions do ano passado, o ambiente foi de forte apoio.


Depois há ainda uma outra coisa, que deixaria para posterior análise: na minha ideia, dos chamados seis milhões, apenas uns 50 mil se comportam como verdadeiros adeptos do clube (pouco mais do que no Porto e Sporting).
Há cinco milhões, novecentos e cinquenta mil que pouco acrescentam ao Benfica, número que, aí sim, nos outros grandes é muito menor.
Mas isto fica para uma outra oportunidade.

4.8.06  
Anonymous catn said...

Caro LF, eu não gostaria de ver o Benfica, só com os bons benfiquistas ( 50 mil ) , mas se fosse possivel de modo virtual, era ver o Benfica igual a tantos outros, que passam incognitos por esse mundo fora, era o Benfica ir a qualquer parte jogar e estarem lá 10 ou 12 sócios dos bons, porque os adeptos só criticam e não sabem o que dizem

O LF, tem de perceber que a força do Benfica está nos adeptos e não nos sócios, até á pouco tempo o Benfica não tinha mais que os ditos 50 mil sócios, mas os adeptos eram os tais 5 milhões 950 mil, só que o nosso Presidente dá mais valor aos adeptos que o LF e trouxe para sócios 100 mil, daqueles que não acrescentam nada ao clube e tranformou-o no 2º maior clube do mundo e que irá ser o maior dentro de meses, isto não é motivo de orgulho para os bons 50 mil

Estou a ver, que para si, os bons benfiquistas são aqueles que dizem sempre que sim e que só batem palmas, esses são robots e não têm vida propria, não sabem do que gostam

Falou do jogo Liverpool- Benfica, é lógico que os ingleses estavam a bater palmas e a gritar pelo clube do seu coração, esse jogo foi um sufoco para o Benfica, os jogadores do Liverpool correram que se fartaram e demonstraram que tudo tinham feito para ganhar o jogo, mas estavam lá muitos adeptos do Benfica, que também não se calaram, ser do Benfica é assim, ir a qualquer estádio do mundo e estarem sempre muitos adeptos do nosso clube e nunca nos sentirmos sós

Se fossem só bons 50 mil, não seria assim de certeza

4.8.06  
Anonymous LF said...

Os bons adeptos são aqueles que ajudam a empurrar o clube para as vitórias, e não aqueles que ficam em casa a dizer mal de tudo e todos.

4.8.06  
Anonymous catn said...

O LF pergunta quem elegeu o Vale e Azevedo, é claro que foram os sócios, se os adeptos votassem, o Vale e Azevedo ganhava também, mas ai foram todos enganados, porque o resultado dessa eleição foi de 70 ou 80% dos votantes, mas o LF, sabe o que se passava no Benfica antes do Vale e Azevedo, e para as mentes mais esquecidas, ainda ontem ( quando foi noticiada a morte do Presidente Jorge de Brito ) na televisão se viu como era o Benfica antes de Vale e Azevedo, o clube estava á deriva e sem rumo, apareceu um vendedor de banha da cobra e acabou por destruir o resto

Uma coisa eu digo, se fosse noutro clube com menos adeptos o Benfica tinha ido para as divisões segundárias, mas a força do Benfica em publicidade para as televisões, digo audiências, e todos os negócios em que o nome do Benfica está associado, gere muito dinheiro e não interessava a ninguem, foi ai que apareceu a força dos 6 milhões de Benfiquistas em Portugal e de mais não sei quantos por esse mundo fora

Mais uma vez lhe digo, a força do Benfica está nos adeptos espalhados por todo o Mundo

4.8.06  
Anonymous catn said...

" Os bons adeptos são aqueles que ajudam a empurrar o clube para as vitórias, e não aqueles que ficam em casa a dizer mal de tudo e de todos "

Ainda bem que o Presidente Luís Filipe Vieira, não pensa assim, ele sabe a importancia dos tais 6 milhoes, quando teve de negociar as dívidas do Benfica, ou quando lançou o Kit para os novos sócios, se fossem só os bons que vão ao estádio, tinha 3 ou 4 empresas associadas ao novo cartão

Pense bem antes de dar opiniões desse tipo, eu sei que esta opinião estava para ser dada mais tarde como referiu o LF, ainda estava a ser amadurecida na sua cabeça, eu acho que pode pensar, mas não escrever

Eu tinha de refilar, pois fui ofendido na minha condição de adepto do Benfica, o LF nunca deve pensar que é mais Benfiquista que outro adepto qualquer, cada um vive o clube á sua maneira e como pode

4.8.06  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! »

7.2.07  
Anonymous Anónimo said...

What a great site »

16.3.07  
Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY! Online instantly credit report Play keno game online game king keno fat fat woman Diet pill didrex online Donne dodge Home refinancing tip System a down roulette lyric Women &aposs special occasion dresses Safe perfumes 206 peugeot us Laser hair removal arvada colorado Database developer open source porn United alaska and italy airlines Roulette betting method

26.4.07  

Enviar um comentário

<< Home